X

Meio Ambiente

COP-29: Mais uma vez, presidente da conferência do clima é ligado à indústria do petróleo

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (4) pela organização da COP28

PHILLIPPE WATANABE/FOLHAPRESS

Publicado em 05/01/2024 às 10:22

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A COP30, portanto, deverá ser a terceira conferência a ocorrer em um país membro da organização, considerando que o evento ocorrerá em Belém, no Pará / André Ribeiro/Agência Petrobras

 A próxima conferência da ONU sobre mudanças climáticas, a COP29, em Baku, no Azerbaijão, já tem um presidente. Será Mukhtar Babayev, atual ministro da Ecologia e dos Recursos Naturais do país anfitrião, nação que possui grande dependência de petróleo e gás.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (4) pela organização da COP28, por meio de seus perfis nas redes sociais.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A COP29, que ocorrerá de 11 a 22 de novembro de 2024, será a segunda conferência climática seguida a ser sediada em um país que é um grande produtor de petróleo. A COP28 ocorreu em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, Estado-membro da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), o cartel do petróleo.

 

O Azerbaijão, por sua vez, também com forte presença de petróleo, é membro da Opep+, que conta com os membros da Opep e produtores de petróleo aliados.

A COP30, portanto, deverá ser a terceira conferência a ocorrer em um país membro da organização, considerando que o evento ocorrerá em Belém, no Pará, e a o Brasil anunciou recentemente a sua entrada na Opep+.

Outra semelhança petroleira entre a última COP e a atual está exatamente na presidência da conferência. A COP28 teve como presidente Sultan al-Jaber, que comanda a companhia Adnoc, estatal dos Emirados Árabes -país que, segundo documento obtidos pela BBC em parceria com o Centre for Climate Reporting, planejou usar conversas no âmbito da conferência para fechar acordos de petróleo.

Segundo seu perfil oficial no site do ministério que comanda, grande parte da carreira de Babayev está ligada à Socar, estatal petroleira do Azerbaijão. Com formação na Rússia e também no seu país de origem, Babayev iniciou sua carreira na Socar em 1994, com passagem por diversos cargos, inclusive pelo de vice-presidente para ecologia.

Babayev comanda o Ministério da Ecologia e Recursos Naturais desde 2018.

Também foi anunciado o negociador-chefe da COP29, que será Yalchin Rafiyev, um dos vice-ministros no Ministério das Relações Exteriores do Azerbaijão, cargo que ocupa desde setembro do ano passado.
Rafiyev se formou em relações internacionais na Baku State University, posteriormente com estudos em outras instituições europeias. Iniciou sua passagem pelo Ministério das Relações Exteriores em 2007.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

MOBILIDADE URBANA

Linha 6-Laranja: túneis se encontram na zona norte de SP

Cerimônia celebrou o encontro dos túneis da futura estação Brasilândia e do Pátio Morro Grande

Leilão de veículos

Detran-SP realiza leilão online com lances a partir de R$ 2 mil

Carros conservados e sucatas disponíveis; visite e faça seu pré-lance em julho

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter