Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Terça, 13 Novembro 2018 16:35

Histórica, primeira ‘invasão’ do MST faz 33 anos com fartura e cooperativismo

Na semana em que o futuro secretário de Estado da Agricultura no Governo Doria, o ruralista Gustavo Diniz Junqueira, chamou o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra de “terrorista” e disse que “qualquer que seja o programa de reforma agrária, ele é obsoleto”, a primeira ‘invasão’ promovida pelo MST completou 33 anos. Três décadas depois, o antigo latifúndio improdutivo com área equivalente a 9.300 campos de futebol no interior gaúcho virou sinônimo de orgulho e de terra produtiva. Hoje, a antiga Fazenda Annoni abriga sete comunidades onde vivem 423 famílias, antes todo esse mundão de terra pertencia a uma única família.

Todas as 423 famílias assentadas têm água encanada, saneamento básico e boas casas para morar, além de ginásios de esportes, igrejas, espaço de lazer e escolas. Uma dessas comunidades abriga um posto de saúde, com atendimento médico e odontológico.

Os ‘sem-terrinha’ podem estudar da Educação Infantil até a faculdade sem sair do assentamento. Fundado há 11 anos, o Instituo Educar oferece os cursos de técnico em agropecuária com habilitação em agroecologia, integrado ao ensino médio, e o curso superior em Agronomia.

Marco na história e na construção coletiva do MST, na antiga Fazenda Annoni hoje ainda há espaço para o cultivo de alimentos de maneira coletiva, onde cada um colhe, da horta ou pomar, o suficiente para se alimentar.

Antes mesmo do reconhecimento da posse da terra pelos assentados, foi fundada dentro da ocupação, em 1990, a Cooperativa de Produção Agropecuária Cascata, que vende carne e embutidos a escolas e mercados da região. O frigorífico abate 100 cabeças de gado e 4 mil porcos por mês. Em 2006, também dentro do assentamento, foi fundada a Cooperativa Agropecuária e Laticínios Pontão, que industrializa e comercializa 200 mil litros de leite/mês.

Preço do leite despenca.
Os preços do leite comercializado no mercado spot (entre indústrias) despencaram nos últimos 30 dias nos estados pesquisados pelo Cepea/USP. As quedas foram de 29% em SP, 23% em MG, 17% no Goiás e 17% no Paraná. Em SP, o preço médio foi de R$ 1,12 o litro.

Galinha produz mais....
A avicultura de postura atravessa um dos momentos mais difíceis de sua história. O preço médio da caixa no mês passado foi o menor da série histórica do Cepea, iniciada em abril/13.

...no horário de verão...
Isso acontece devido à maior luminosidade nesta época, que aumenta a produção das galinhas, e ao calor, que diminui o prazo de validade dos ovos, levando granjeiros a vender os ovos a preços mais baixos.

...e preço do ovo despenca!.
Na região de Bastos (SP), maior produtora do País, o preço médio do ovo vermelho tipo extra em outubro foi 11% menor que o de setembro e 24% inferior ao de outubro/17.

Quer morar numa ecovila?
O Instituto Pindorama procura interessados em morar numa ecovila na Serra Fluminense. Serão dez cotistas, que trabalharão coletivamente uma área equivalente a 26 campos de futebol, seguindo técnicas da permacultura. Para viabilizar o empreendimento cada cotista deverá desembolsar R$ 150 mil para compra da área, movimentação de terra, construção das casas e dos espaços de uso coletivo.

Homens e livros.
A conservação e a memória dos livros serão tratadas no seminário Bibliofilia: Circuitos e Memórias nos dias 12 e 13 deste mês, na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da USP. Evento terá mediação de professores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, e da Escola de Comunicações e Artes da USP. Transmissão ao vivo em www.iea.usp.br/noticias/bibliofilia.

Filosofia do campo:
“Bendito o que semeia livros à mão cheia e manda o povo pensar!”, Castro Alves (1847/1871), poeta baiano.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado