Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Terça, 16 Abril 2019 12:05

Submissão ministerial

O parlamento brasileiro tem como prática receber ministros e chefes do executivo para reuniões de prestação de contas, bem como apresentações de planos e metas de suas pastas. Na Câmara dos Deputados, em Brasília, não é diferente. Após a aprovação de requerimento convidando o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, a comparecer na Comissão de Meio Ambiente, no entanto, veio a decepção.

Ao contrário do procurador da República, Deltan Dalagnol, que covardemente se omitiu a dar explicações à Comissão de Trabalho, Administração e Serviços Públicos, sobre a criação ilegal de um fundo bilionário, Salles se apresentou à Comissão de Meio Ambiente, mas não para expor aos parlamentares o quadro de sua pasta. Na prática, o ministro sequer trouxe um projeto ou meta que o governo se propõe a cumprir, mas, pelo contrário, decepcionou e desrespeitou os deputados e os cidadãos brasileiros, já que utilizou o tempo e espaço desta importante comissão para fazer proselitismo.

Durante a Audiência, chegou a afirmar que o debate ambientalista estaria cheio de ideologia, sem sequer explicitar que tipo de ideologia ele se referia. Um discurso tão tendencioso e mal elaborado que faz lembrar a fala da Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, também em Audiência na Câmara dos Deputados. Quando questionada sobre a dificuldade na produção de alimentos saudáveis no País, Cristina afirmou que no Brasil não existe fome, porque, segundo ela, "as cidades estão cheias de mangas".

A resposta da ministra, digna de uma conversa de buteco, só poderia vir mesmo de alguém tão irresponsável a ponto de liberar um número recorde de agrotóxicos no País, permitindo inclusive o uso de substâncias proibidas no exterior. Se o Ministério do Meio Ambiente deveria se contrapor à medidas como esta, garantindo que nossa biodiversidade e recursos naturais sejam preservados, Salles deixou claro que isso não irá acontecer, já que se submeteu à pasta da Agricultura, beneficiando apenas os ruralistas e empresas agroquímicas.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado