X

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Quatro passeios para enaltecer a cultura negra em São Paulo

Museus e casas de culturas preparam programação especial para celebrar o Dia da Consciência Negra

Gladys Magalhães

Publicado em 16/11/2023 às 15:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Museu da Língua Portuguesa preparou uma programação epecial por conta do Dia da Consciência Negra / Ciete Silvério

Na próxima segunda-feira, 20 de novembro, é celebrado o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. Para celebrar a data, museus, casas de culturas, entre outros lugares, prepararam atividades especiais; confira. 

I Semana da Consciência Negra do IED  
I Semana da Consciência Negra do IED - Foto: Divulgação

I Semana da Consciência Negra do IED
Entre os dias 21 e 25 de novembro acontece a I Semana da Consciência Negra do IED - Instituto Europeo di Design. O evento é composto pela exposição "Negro Design", que apresenta trabalhos de docentes dos cursos de Design de Interiores, Mobiliário, Moda, Estratégico, Figurino, Gráfico Digital e Ux.

Além da exposição, haverá também, no dia 21 de novembro, às 19h, a roda de conversa "Design, Diversidade e Inclusão", mediada por Michele Salles Villafranca. 

A exposição "Negro Design" pode ser visitada das 8h às 22h. O IED fica na Rua Maranhão, 617, Higienópolis. 

Museu da Língua Portuguesa
Museu da Língua Portuguesa - Foto: Ciete Silvério

Museu da Língua Portuguesa
Ainda que esteja fechado no dia 20 de novembro, o Museu da Língua Portuguesa preparou uma programação epecial por conta do Dia da Consciência Negra. 

Nos dias 18 e 19, por exemplo, acontece a Visita Temática – Palavras Bantu, que tem como objetivo explicar as influências linguísticas e culturais da África. Assim, o passeio pela exposição principal do Museu, das 13h às 14h, vai revelar principalmente a presença e a resistência de palavras da família Bantu no português falado no Brasil ainda nos dias de hoje. Os educadores da instituição vão utilizar ainda o jogo temático intitulado Calão que mostra a relação de gírias angolanas com palavras em português.

O Museu também promove, nos  dias 18 e 19, às 15h, e 25 e 26 de novembro, às 11h -, a visita ao prédio da Estação da Luz, intitulada "Presenças negras na construção da cidade de São Paulo". No passeio, o público  poderá conhecer o trabalho de arquitetos e profissionais da engenharia civil negros no levantamento de diversos espaços da capital paulista, sobretudo, no bairro da Luz, onde o Museu da Língua Portuguesa está localizado. Para participar, basta chegar 15 minutos antes de seu início na bilheteria do Pátio A. 

O Museu da Língua Portuguesa fica  na Praça da Luz, s/n, Luz.  A entrada custa a partir de R$ 10 e é gratuita aos sábados. 

Jean William  Concerto Especial Mês da Consciência Negra
Jean William – Concerto Especial Mês da Consciência Negra - Foto: Rodrigo Casamassa

Jean William – Concerto Especial Mês da Consciência Negra
Para celebrar a conscientização que marca o mês de novembro, a Unibes Cultural recebe o espetáculo “Jean William – Concerto Especial Mês da Consciência Negra” no dia 26, às 18 horas. 
Nascido em Sertãozinho e apadrinhado pelo Maestro João Carlos Martins, Jean ganhou visibilidade nacional e internacional, quando, em 2013, cantou na primeira visita do Papa Francisco ao Brasil.

Na apresentação do dia 26, o tenor irá se apresentar ao lado do violonista Rafael Altro e o público poderá apreciar um repertório que reúne peças de temas afro-brasileiro e afro-americano. 

A Unibes Cultural fica na rua Oscar Freire, 2500, Sumaré. O concerto é gratuito, mas os ingressos devem ser resgatados em www.unibescultural.org.br . 

Museu Afro Brasil Emanoel Araujo
Museu Afro Brasil Emanoel Araujo - Foto: Divulgação

Museu Afro Brasil Emanoel Araujo
O Museu Afro Brasil Emanoel Araujo é referência nacional quando o assunto é Diáspora Negra e conta com diversas exposições que enaltecem a história, memória e arte negra. 

No dia 20 de novembro,  a Instituição abre suas portas para celebrar o Dia da Consciência Negra por meio do Segundo Ocupa MAB, evento que celebra a arte e a cultura negra em novas vertentes, a partir da música, da moda e da gastronomia, com várias atrações repletas de sabor e identidade negra.

Na programação haverá apresentações culturais, oficinas e palestras e, quem for ao Museu poderá ainda visitar as seis exposições em cartaz. 

O Museu Afro Brasil fica no Parque Ibirapuera, na Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, portão 10. A entrada custa a partir de R$ 11, sendo que o II Ocupa MAB acontece das 9h às 18h.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

DIA DO HAMBÚRGUER

Dia do hambúrguer: 9 lugares para comer hambúrguer em São Paulo

Origem do hambúrguer é incerta, mas é um dos lanches preferidos em todo o mundo

Dor de cabeça

Congestionamento: Marginal Pinheiros lidera com 41 minutos de atraso; veja os pontos críticos

Veja os detalhes sobre os congestionamentos nas principais vias de SP

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter