últimas notícias

Festival Estudantil ‘Mongaguá de Cultura’ começa no dia 1º de setembro

O FEMC, que este ano terá como tema ‘anos 80 – mostra a tua cara’, é um agente polinizador que promove uma Mostra Competitiva multicultural entre os estudantes da cidade Por Diário do Litoral De Santos

Oficinas, palestras, apresentações artísticas e intervenções dos projetos desenvolvidos pela diretoria de cultura. a programação da 17ª edição do FEMC – Festival Estudantil Mongaguá de Cultura está repleta, contemplando todos os públicos e atividades gratuitas e pagas. O evento, que mais uma vez mobilizará dezenas de escolas públicas e particulares do município, acontecerá de 1º e 29 de setembro, quase que em sua totalidade, no Centro Cultural Raul Cortez.

O FEMC, que este ano terá como tema ‘anos 80 – mostra a tua cara’, é um agente polinizador que promove uma Mostra Competitiva multicultural entre os estudantes da cidade, visando ampliar o acesso ao fazer artístico, permeando as unidades escolares e a comunidade. A missão é propor um espaço de confluência entre jovens artistas que, a partir dos processos criativos, ultrapassem a competição, dinamizando os mecanismos educacionais que potencializam seu desenvolvimento pessoal, difundam as ações locais de fomento às artes e à cultura.

“O festival provoca o enriquecimento do imaginário dos participantes e estimula seu senso crítico e reflexivo. objetiva primariamente o fomento da cultura entre os jovens, visando a formação de novas plateias e o desenvolvimento das habilidades artísticas. Nossa ideologia não está na competição, e sim na integração social pelos caminhos das artes”, comenta o diretor municipal de Cultura, Pedro Saletti.

Mostra Competitiva

Esta edição reunirá cerca de 11 mil estudantes de mais de 30 escolas entre municipais, estaduais e particulares numa competição em nove modalidades: teatro, dança, coral, composição musical, pintura, escultura, colagem, fotografia e conto, divididas em três categorias: infantil, infanto-juvenil e juvenil, além das mostras especais com a APAE e EJA.

Oficinas

Em parceria com a Poiesis - Organização Social de Cultura e Oficinas Culturais, o festival receberá três oficinas gratuitas: Graffiti, Dramaturgia e Audiovisual, reforçando um dos objetivos desta edição, que é o de promover ações educacionais por meio das artes.

Espetáculos

Mais uma das inovações do novo formato do FEMC é a mostra de espetáculos, que reunirá grupos profissionais da região em apresentações gratuitas. Assim, será promovido um intercâmbio de saberes com os participantes do festival. Haverá teatro, dança, sarau, música, cinema e stand-up.

Intervenções

Os projetos desenvolvidos pelas Diretoria de Cultura estarão presentes na programação, como o arte na praça, cine cultura, quintas musicais, fanfarra municipal, encontro de violões e o inédito congresso de danças de Mongaguá, além de iniciativas parceiras, como o PALCO Lab e o FEMC Games.

Eventos

Parte da grade de programação estão ainda eventos culturais como ‘Maré me Chama’, de Capoeira e Cultura Popular, e o Fest Litoral de Danças.

Tops da Gazeta