últimas notícias

Acervo

Belezas do litoral norte

Caraguatatuba, São Sebastião, Ilhabela e Ubatuba não se resumem às praias; ilhas, cachoeiras, trilhas e história fazem parte do roteiro turístico desta parte do litoral Por Vanessa Zampronho De São Paulo

Chegar ao litoral norte pode levar algumas horas - a cidade mais próxima, Caraguatatuba, fica a 178 km da Capital - mas ela reserva belezas que vão além das praias. Na parte histórica, em Ilhabela, foram descobertos sinais de ocupação de índios que habitavam o local antes mesmo da descoberta da América. As ilhas, aliás, são outra atração pouco visitada, e que valem a pena. Cachoeiras também devem entrar na lista.

Caraguatatuba é a maior cidade do litoral norte. Uma parte do Parque Estadual da Serra do Mar fica por lá, e um dos trechos mais incríveis é a trilha do Poção, que cruza corredeiras e cai na Cachoeira da Pedra Redonda. Tem também a Lagoa Azul, que fica na parte sul da praia de Capricórnio. É um oásis de água doce perto do mar, com águas calmas e claras.

Já descendo um pouco pelo litoral paulista se chega em São Sebastião. A famosa orla tem 36 praias e outras atrações, como as várias ilhas que fazem parte da paisagem. São as ilhas das Couves, dos Gatos e as de Alcatrazes.

Quem estiver vendo o horizonte pelas praias de São Sebastião, é fácil ver uma grande ilha: Ilhabela. Além das praias, o Parque Estadual de Ilhabela ocupa quase 80% da ilha e é nele que está a Cachoeira dos Três Tombos, que nada mais são três quedas d'água seguidas. A Baía de Castelhanos fica mais longe e as ondas são mais fortes. Além disso, esse trecho da ilha só é acessível em jipes.

Já Ubatuba é a mais distante da capital. Além das 100 praias, há as ilhas Anchieta (que já abrigou um presídio) e outra ilha das Couves. Há também uma unidade do projeto Tamar, que protege as tartarugas marinhas da extinção e tem visitação aberta ao público.

DESCENDO A SERRA

Há alguns caminhos para quem quer conhecer essa parte do litoral paulista. O primeiro deles é pela rodovia dos Tamoios, que liga São José dos Campos a Caraguatatuba. Ela tem conexões com a Via Dutra, a rodovia Carvalho Pinto e a rodovia Rio-Santos. Na Tamoios, há um ponto bom para ver a cidade do alto. Aliás, é pela Rio-Santos que se chega a São Sebastião, e há duas formas. Uma delas é vir pela Mogi-Bertioga, para se chegar às praias mais ao sul, como Paúba e a badalasa Maresias, e pela Tamoios, para a região norte. É de São Sebastião que se pega a balsa para chegar à Ilhabela. O serviço de transporte funciona 24h, e leva de 14 a 18 minutos (a distância percorrida é a maior entre as travessias litorâneas de São Paulo, com 2,4 km). Carros pagam R$ 19 durante a semana, e R$ 28,50 em sábados, domingos e feriados.

Ubatuba é a que fica mais longe, a 250 km da Capital. Dá para ir pela Dutra, entrar em São José dos Campos, pegar a rodovia dos Tamoios e seguir pela Rio-Santos (sentido Rio) ou, pela Dutra, ir até Taubaté e pegar a rodovia Oswaldo Cruz, que faz a ligação direta até a cidade. O motorista deve tomar cuidado porque um trecho do caminho é bastante inclinado, com curvas acentuadas e períodos mais longos de neblina. Da serra, a paisagem é incrível.

NÃO DEIXE DE CONHECER

cachoeira dos tres tombos lailson santos sectur ilhabela vertical 513724Cachoeira dos Três Tombos, Ilhabela: É uma queda d'água com três pontos de caída, e é fácil chegar de carro. Fica próxima à praia da Feiticeira, na parte sul da ilha. Há muitos pássaros que ficam voando por lá, e dá para ficar horas os observando.
(Foto: Lailson Santos/Sectur Ilhabela)



aldeia boa vista alexandre rodrigues 513735Aldeia Boa Vista, Ubatuba: Fica no Sertão do Promirim, e as 43 famílias de índios guaranis têm casas com energia elétrica, escola e um posto de saúde - mas sem deixar de lado suas tradições. Os visitantes podem conhecer algumas delas, como a casa de reza, o coral e a casa de artesanato, que tem peças como cestas, colares e arco e flecha.
(Foto: Alexandre Rodrigues)



lagoa azul foto luis gava 513748Lagoa Azul, Caraguatatuba: Água doce e sem correnteza, um grande banco de areia a separa da praia de Capricórnio, na costa norte da cidade.
(Foto: Luis Gava)

Tops da Gazeta