últimas notícias

Escolas de Cajati superam meta nacional do Ideb de 2022

Foram avaliados 403 alunos de 15 turmas do quinto ano de oito escolas municipais e as notas ficaram entre 6,1 e 7 Da Reportagem Do Vale do Ribeira

As escolas municipais de Cajati atingiram a nota 6,3 pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que monitora a qualidade do ensino em todo o Brasil e estabelece metas aos seus municípios. A nota conquistada por Cajati é superior à de 2015, que ficou em 6,2, e está acima da meta nacional para daqui quatro anos. Foram avaliados 403 alunos de 15 turmas do quinto ano de oito escolas municipais e as notas ficaram entre 6,1 e 7.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a meta é que o Ideb do Brasil seja 6 em 2022, média que se compara à qualidade de um sistema educacional de países desenvolvidos.

Segundo a diretora do Departamento Municipal de Educação, Maria Claudia Brondani Rabelo, o sistema de ensino em Cajati é inclusivo e trabalha as características de cada criança. “O nosso objetivo diário é oferecer educação de qualidade para os 3.500 alunos das escolas municipais. Para isso, investimos nos docentes, garantimos as estruturas qualitativas das escolas e disponibilizamos um material unificado. Cuidamos também dos aspectos globais para o desenvolvimento das crianças, como garantir a qualidade da merenda, dos transportes e uniforme escolares e direcionamos nossa gestão para a autonomia e valorização da comunidade”, considera.

O resultado mais alto foi conquistado pela Escola Municipal Shirlei Bueno de Paula, com a nota 7. “Para as rurais, como essa, algumas dificuldades de localização dificultam o acesso à internet e a disponibilização de computadores para os alunos. Mesmo assim, a Shirlei Bueno de Paula e a Ver. José Rodrigues de Freitas (nota anterior 5,9 e agora 6,3) avançaram significativamente em seus resultados, vencendo essas barreiras com ampla diversificação de estratégias, foco na aprendizagem, comprometimento da equipe e envolvimento de toda comunidade”, elogia Claudia.

Para 2019, a meta do Ideb será definida pelas escolas municipais individualmente e junto à sua comunidade. “Esperamos que Cajati conquiste a nota 7 ou se aproxime desse resultado”, torce Claudia. “Educar para crescer é a nossa missão e seguimos confiantes. A caminhada é longa, mas passo a passo o sistema municipal avança e os resultados são significativos. Cada comunidade escolar deve comemorar e fortalecer ainda mais esse nosso compromisso”, afirma.


*Matéria produzida por Suzana Scheibel

Tops da Gazeta