Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Sexta, 28 Junho 2019 13:55

Prefeito de Registro tem mandato cassado

Fantin foi um do alvos da Operação Prato Feito, em 2018
Gilson Fantin não compareceu à sessão extraordinária desta quinta-feira Gilson Fantin não compareceu à sessão extraordinária desta quinta-feira Thiago Neme
Da Reportagem
De São Paulo

O prefeito Gilson Fantin (PSDB) de Registro, no Vale do Ribeira, teve o mandato cassado durante uma sessão extraordinária na Câmara Municipal da cidade, na noite desta quinta-feira, após ser suspeito de cometer irregularidades e fraudes em licitações. Agora, quem assume a gestão da cidade é o vice-prefeito Nilton José Hirota (PSDB).

Fantin foi um do alvos da Operação Prato Feito, em 2018, que visou desarticular suspeitos de desviar recursos voltados à Educação. Ele é suspeito de cometer crimes de corrupção passiva, fraudes em licitações na área da Educação do município e por integrar organização criminosa no período de 2014 a 2018.

Gilson Fantin não compareceu à sessão extraordinária desta quinta-feira, que votou o requerimento que pedia a cassação do seu mandato, e foi representado pelo seu advogado de defesa, Alexsander Neves Lopes. O advogado de defesa rebateu as informações do requerimento e disse que irá recorrer da decisão.

A Câmara votou duas infrações político administrativas contra Fantin: omitir-se ou negligenciar na defesa de bens, renda, direitos ou interesses do município e proceder de maneira incompatível com o cargo. As duas foram aprovadas por unanimidade pelos parlamentares.

O caso

As investigação contra o prefeito Gilson Fantin fazem parte da Operação Prato Feito, uma das fases da Lava Jato. No começo do mês, após relatório, a Polícia Federal (PF) concluiu que Fantin, seu ex-chefe de gabinete e sua ex-secretária de Educação cometeram crimes de corrupção passiva, fraudes a licitações e por integrar organização criminosa no período de 2014 a 2018.

Em março deste ano, a Comissão Processante (CP) na Câmara foi instaurada. A denúncia para abertura da comissão foi feita pelo vereador Vander Lopes (PSC), após membros do Legislativo terem acesso a relatórios da Operação Prato Feito, da Polícia Federal, que investiga cinco grupos suspeitos de desviar recursos da União que eram destinados à educação em 30 municípios.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado