Publicidade

X

Estado

TRE libera propaganda eleitoral que mostra mãe PM atirando em assaltante

Em maio, a policial militar Katia Sastre, candidata a deputada federal, reagiu a um assalto em frente a uma escola em Suzano, região metropolitana de São Paulo Por Folhapress De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 20/09/2018 às 21:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) liberou na quarta-feira (19) a veiculação de propaganda eleitoral da PM Katia Sastre (PR), candidata a deputada federal, em que ela aparece atirando em um assaltante no Dia das Mães.

Em maio, Sastre reagiu a um assalto em frente a uma escola em Suzano, região metropolitana de São Paulo. Registradas por uma câmera posicionada na entrada da escola, as imagens foram usadas nesta terça no horário eleitoral com uma dublagem que reconstitui o momento do conflito. Depois da exibição, Sastre comenta a própria ação: "Atirei e atiraria de novo. Minha filha e outras crianças estavam na mira do bandido".

A peça foi questionada pelo PSOL e pelo PC do B. A representação, inicialmente, foi acatada pela Justiça Eleitoral, mas a campanha do PR recorreu. Se quiser, a legenda já pode voltar a exibir o vídeo na televisão. Um novo recurso poderá ser apreciado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Para o desembargador eleitoral Fábio Prieto de Souza, "com excelente técnica policial e coragem moral, segura na reação proporcional da legítima defesa, a candidata sacou de sua arma e desferiu tiros mortais no criminoso, preservando a vida de mulheres e crianças no local". Tratou-se, afirmou o juiz, de um "ato típico de preservação dos direitos humanos".

"O fato da candidata dizer que, nas mesmas condições, repetirá o ato de defesa dos direitos humanos das mulheres e das crianças, é proclamação de obediência ao estatuto de sua condição profissional", escreveu Souza.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EMPATE

Corinthians empata com Atlético-MG em jogo morno

Partida acabou em 0 a 0 neste domingo (14), na Neoquímica Arena

DENTRO DA DIETA

Veja 5 dicas de como comer comida japonesa sem estragar a dieta

Nutrólogo explica quais as melhores escolhas na hora de ir a um restaurante de culinária japonesa sem se preocupar com a dieta

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter