Publicidade

X

Brasil

Governo gasta menos com Previdência e libera R$ 4,124 bi para pagar despesas

O valor foi liberado para pagar despesas previstas e que estavam congeladas para cumprir as regras fiscais de compressão dos gastos públicos Por Folhapress

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 21/09/2018 às 22:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O Ministério do Planejamento e o Tesouro Nacional anunciaram nesta sexta-feira (21) o desbloqueio de R$ 4,124 bilhões do Orçamento para pagar despesas previstas e que estavam congeladas para cumprir as regras fiscais de compressão dos gastos públicos.

Na revisão bimestral de julho/agosto, o governo verificou que há a possibilidade de liberar o valor, uma vez que os gastos com o pagamento de benefícios da Previdência, abono salarial e seguro desemprego estão abaixo do que havia sido projetado no início do ano.

Até o fim do mês, o Planejamento vai detalhar como os recursos serão distribuídos entre as pastas do governo.

Conforme dados divulgados também nesta sexta, a arrecadação de tributos cresceu pouco em agosto.

Em julho (ante julho de 2017), a arrecadação havia crescido 12,84%. Em agosto, a alta se reduziu para 1,08%.

O desempenho da arrecadação, porém, não influi no aumento das despesas primárias do governo. Isso porque a maior parte dos gastos é comprida pela regra do teto, que limita a expansão das despesas à inflação.

Dessa maneira, uma melhor arrecadação pode - e vai ajudar - a reduzir o deficit orçamentário, previsto em R$ 159 bilhões neste ano, mas não ajuda a aumentar gastos.

Após a atual revisão, a equipe econômica prevê que o déficit projetado seja de R$ 154,9 bilhões. Contabilizando estados e estatais, o chamado consolidado do setor público, o déficit previsto é de R$ 145,1 bilhões, inferior ao valor de R$ 161,3 bilhões estimado anteriormente.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EMPATE

Corinthians empata com Atlético-MG em jogo morno

Partida acabou em 0 a 0 neste domingo (14), na Neoquímica Arena

DENTRO DA DIETA

Veja 5 dicas de como comer comida japonesa sem estragar a dieta

Nutrólogo explica quais as melhores escolhas na hora de ir a um restaurante de culinária japonesa sem se preocupar com a dieta

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter