X

Grande São Paulo

Prédio onde mezanino desabou é interditado

Acidente ocorreu durante evento infantil e deixou 27 pessoas feridas. Todas as vítimas já tiveram alta na tarde de ontem (23) Da Reportagem De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 24/09/2018 às 20:07

Atualizado em 25/09/2018 às 14:33

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O prédio em que um mezanino desabou durante um evento voltado ao público infantil em Santo André, no ABC Paulista, na tarde do último domingo, passou por perícia na manhã desta segunda e segue interditado. Vinte e sete pessoas ficaram feridas, entre elas quatro crianças.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Santo André, havia cerca de 320 pessoas no local no momento da queda. Algumas vítimas foram socorridas pelo Samu. Ainda segundo os bombeiros, as crianças e os adultos foram levados para o Centro Hospital Municipal (CHM) e para hospitais da cidade vizinha de São Bernardo do Campo. Todos os 27 feridos tiveram alta dos hospitais na tarde de ontem.

Boa parte das vítimas estava em cima do mezazino que cedeu e outra parte estava na parte de baixo da estrutura. Apesar do susto, as vítimas sofreram apenas ferimentos leve, contou os bombeiros.

Leão Lobo e “Cirilo”

O evento realizado no Dom Paollo Bar Dançante e organizado pela agência Telearte tinha a presença do jornalista e apresentador Leão Lobo e do ator Jean Paulo Campos, conhecido pelo personagem Cirilo, da novela Carrosel, do SBT.

Lobo, que havia sido convidado para ser o mestre de cerimônia, estava no palco no momento do incidente. Já o ator de Carrosel ainda estava no camarim – ele iria cantar na festa. Nenhum dos dois ficou ferido.

De acordo com os bombeiros da cidade, o estabelecimento não tem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento que comprova que um prédio possui condições de segurança contra incêndio e pânico.

A prefeitura de Santo André, em nota, afirmou que “o organizador não comunicou o poder público sobre a realização do mesmo, consequentemente, o evento não possuía autorização e AVCB”.

O diretor da agência Talentos Brilhantes, Flavio Marques, disse que mantém contato com os agenciados para prestar-lhes assistência no que precisarem.

De acordo com Marques, o incidente foi “uma grande infelicidade, que graças a Deus não resultou em ferimentos graves para nenhum dos participantes”, afirmou, em nota.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

pornografia infantil

Rede de pedofilia em Campinas utiliza códigos para se comunicar em aplicativos

A operação iniciou após uma denúncia feita por uma ONG internacional

Brasil

Confira o resultado do Timemania no concurso 2098, nesta terça

O prêmio é de R$ 3.000.000,00

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter