X

Capital

Corporação compra papel higiênico e PM percebe que há 110 metros a menos

A nota fiscal apontava a compra de 100 caixas de papel higiênico, com oito rolos em cada. O empenho do soldado em medir o material teria evitado um prejuízo de 88 mil metros para o Estado Da Reportagem De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 24/09/2018 às 21:04

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Um soldado da Polícia Militar de São Paulo recebeu elogios formais de seu comandante por ter descoberto que o papel higiênico comprado pela corporação tinha 190 metros, enquanto a nota fiscal informava que o rolo era de 300 metros.

Segundo o documento que oficializa o elogio, assinado pelo capitão da PM Hélio Fernando Nogueira Segura, o soldado contou com apoio de um terceiro sargento na medição do papel higiênico, que aconteceu na última quarta-feira. Os dois esticaram o material no pátio do Comando de Policiamento de Área/Metropolitano-1 (CPA/M-1) e constataram a irregularidade.

O elogio do comandante destaca que o soldado “é possuidor de um comprometimento ímpar, dedicando-se de forma extremamente profissional durante o recebimento e controle de materiais e fardamentos, como também na distribuição”.

De acordo com o documento, a nota fiscal apontava a compra de 100 caixas de papel higiênico, com oito rolos em cada. Por isso, o empenho do soldado em medir o material teria evitado um prejuízo de 88 mil metros para o Estado.

O capitão Segura ainda diz que o soldado “demonstrou nítidos traços de dedicação à função que executa na seção, associado às virtudes que elevam o nome da Polícia Militar, bem como, a faz orgulhosa de ter em seus quadros um policial de valores notáveis”.

Procurada pela reportagem, o Centro de Comunicação Social da PM disse que “a empresa responsável foi acionada e informou que o erro detectado se deu em virtude do equipamento de corte do papel”.

A empresa ainda teria dito que o erro vai ser sanado e novos materiais serão entregues até o próximo dia 28 de setembro.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ATENÇÃO MOTORISTAS

Perdeu a placa do veículo? veja o passo a passo do Detran-SP para emitir uma nova

Só é permitida a emissão de uma nova placa se o veículo estiver devidamente licenciado, com todas as taxas em dia e sem multas pendentes

Oportunidade

TRF vai iniciar inscrições de concurso com salários de até R$ 13,9 mil; veja cidades

Ao todo, são 263 vagas para os níveis técnico e superior; Inscrições iniciam dia 29 de abril e seguem até o dia 28 de maio

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter