X

Capital

Placa de restaurante sinaliza buraco em rua no centro de SP

Além de ser rota para carros, o trecho afetado serve de passagem para ônibus que buscam passageiros na praça da República Por Folhapress De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 26/09/2018 às 20:19

Atualizado em 27/09/2018 às 14:42

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Picanha a R$ 34. O prato acompanha arroz, feijão e batata frita. O anúncio gastronômico é de um bar tradicional do centro da capital paulista que foi parar em um lugar inusitado: dentro de um buraco no meio do asfalto.

Quem passou na manhã desta quarta-feira pela rua Aurora, bem perto do cruzamento com a avenida São João, viu a propaganda do Bar e Restaurante Salada B dividindo a atenção com os cones que sinalizam a existência do buraco que não para de crescer.

Comerciantes dizem que o novo incômodo da rua, bem conhecida por abrigar pontos de prostituição e usuários de drogas, surgiu há pouco mais de uma semana.

“E tá afundando”, diz M.M.P., de 52 anos, funcionária de um bar em frente ao buraco. Sem nenhuma obra de reparo, o que se vê em volta dele são rachaduras e sinais de que o asfalto está cedendo.

G.S.R., de 44 anos, colega de trabalho de M.M.P., diz que mediu a profundidade do buraco. “Já tem um metro”, afirma.

Além de ser rota para carros, o trecho afetado da rua Aurora serve de passagem para um vaivém de ônibus que buscam passageiros na praça da República, logo à frente.

Antes de ser cercado por cones, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) bloqueou uma faixa da rua que era usada para o estacionamento de carros e deixou o buraco livre de sinalização, segundo os comerciantes ouvidos pela reportagem. Só que a abertura do asfalto só cresceu e forçou uma mudança de plano: cercar o buraco de vez.

H.O., de 44 anos, dono de um restaurante na região do buraco, diz que acionou a CET para resolver a situação. “Pedimos que ele fosse sinalizado porque os carros não paravam de bater as rodas nele. Acho que foi isso que aprofundou o problema”, diz.

A ideia de colocar a placa dentro do buraco como forma de protesto não partiu do Bar e Restaurante Salada B, diz L.C.S., de 55 anos, o dono do estabelecimento que funciona há 60 anos na avenida São João.

“Achei bem inusitado, mas não foi ideia nossa não”, afirma ele. O dono do estabelecimento diz que descartou a placa ontem, junto com outros resíduos que foram recolhidos pela coleta de lixo da prefeitura.

H.O. aponta para o abandono e as falhas na prestação de serviços no centro. “Não é só o buraco. Também estou cercado por uma nova cracolândia e os assaltos só têm aumentado. Estou há oito anos aqui e, como a situação só piorou, eu vou tirar meu restaurante da rua Aurora”, diz.

Outro lado

A Prefeitura Regional da Sé, responsável pela administração de serviços públicos no centro da capital paulista, diz que enviou técnicos ao local para vistoriar as condições do buraco. “Sendo atribuição da administração municipal, o trabalho de tapa-buraco entrará na programação de serviços e o reparo será executado”, afirma por meio de nota.

“Em caso de responsabilidade de alguma concessionária prestadora de serviço, esta será acionada imediatamente”, complementa o órgão que compõe a gestão Bruno Covas (PSDB).

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade em Guarulhos

Feira de empregos: prefeitura e institutos devem oferecer 200 vagas em evento

Para participar dos processos seletivos é necessário levar um documento de identificação original e o currículo atualizado

Colheita de café em SP

Colheita de café no maior cafezal urbano do mundo reúne famílias em São Paulo

Evento marcou a abertura oficial da safra do café, que prossegue até a primavera, distribuindo sabores, aromas, colorido e riquezas por todo o Estado   

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter