Publicidade

X

Brasil

Banco Central projeta em 4% crescimento do crédito este ano

Segundo o Relatório de Inflação divulgado hoje (27), a expectativa de crescimento para o saldo das operações de crédito do sistema financeiro foi revisada de 3% para 4% Por Agência Brasil

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 27/09/2018 às 22:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O Banco Central (BC) aumentou a projeção para a expansão do crédito este ano. A expectativa de crescimento para o saldo das operações de crédito do sistema financeiro foi revisada de 3% para 4%.

A informação foi divulgada hoje (27), em Brasília, no Relatório de Inflação.

A previsão de crescimento do crédito para as famílias é de 7,5%. Segundo o BC, essa expansão se dará em “em linha com a recuperação gradual da economia e os efeitos defasados” do ciclo de redução da taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano.

Para as empresas, a previsão de crescimento é bem menor: 0,5%. Entretanto, o BC previa, anteriormente, queda de 2%. Segundo o BC, a alta do dólar tem elevado o saldo dos empréstimos atrelados à moeda.

Efeitos do câmbio

“A modificação repercutiu o impacto da evolução recente do câmbio e o melhor desempenho das operações com recursos livres nos últimos meses. Destaque-se que a dinâmica do crédito às pessoas jurídicas no SFN [Sistema Financeiro Nacional] continua sendo influenciada pelo maior dinamismo nos mercados externo e de capitais, notadamente no segmento de recursos direcionados”, diz o BC, no relatório.

A previsão para o crescimento do crédito com recursos livres, em que os bancos têm autonomia para emprestar o dinheiro captado no mercado, é 9,5%.

Para o crédito direcionado (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados, basicamente, aos setores habitacional, rural e de infraestrutura), a previsão é de recuo de 1,5%.

Em agosto deste ano, o estoque de todos os empréstimos concedidos pelos bancos ficou em R$ 3,155 trilhões, com aumento de 1% no mês e de 2,1% no ano. Em 12 meses, a expansão chegou a 3,4%.

Esse estoque do crédito corresponde a 46,7% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB) - com aumento de 0,2 ponto percentual em relação a julho.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SABESP CAMINHA PARA PRIVATIZAÇÃO

Privatização da Sabesp é aprovada em SP: veja como cada vereador votou

Projeto de lei que viabiliza a privatização da Sabesp recebeu 36 votos favoráveis e 18 contrários na Câmara de SP; proposta ainda precisa passar por 2ª votação

IMUNIZAÇÃO EM TODO O PAÍS

Com doses próximas do vencimento, Saúde amplia vacinação contra dengue até 59 anos

Criança e adolescente de 6 a 16 anos podem se vacinar até 30 de abril

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter