Publicidade

X

Brasil

Bolsonaro engana o povo ao dizer que é candidato das Forças Armadas, diz Kátia Abreu

Segundo ela, o pior é a ameaça que viria por trás disso, algo como "se eu não ganhar, hein, cuidado", afirmou. Por Folhapress

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 30/09/2018 às 20:28

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Para Kátia Abreu, vice do presidenciável Ciro Gomes (PDT), o candidato Jair Bolsonaro (PSL) não está em seu juízo perfeito. "As declarações recentes de Bolsonaro, de que só aceitará o resultado da eleição se ele for o vencedor, demonstram a sua insanidade", disse Abreu, em evento de mulheres contra o capitão reformado, em São Paulo.

"Ele não está no seu juízo perfeito. O atentado também afetou, de certa forma, seu lado emocional e fez sair o que de pior ele tem de escondido lá dentro, que é intransigência e truculência", disse Abreu.

Segundo ela, o pior é a ameaça que viria por trás disso, algo como "se eu não ganhar, hein, cuidado", afirmou.

"Medo dele? Zero que nós temos. As Forças Armadas são do Brasil, está na Constituição".

Para a candidata, Bolsonaro engana o povo como se fosse candidato das Forças Armadas.

"Não é. É de um núcleo atrasado, reacionário, retrógrado que não sabe qual é a sua caixinha", disse.

Para Abreu, as eleições de 2018 são das mulheres, embora tarde.

"A partir de agora, em qualquer resultado, as questões das mulheres vão ser vistas de modo diferente, não só coisa de mulherzinha, de feminista, ideológico. Nós viramos um problema e queremos solução", disse ela.

Ela explicou que "problema" se refere à violência doméstica, estupro, feminicídio e salário mais baixo do que os homens.

"Isso é doença da sociedade que precisa ser curada se quisermos ser país civilizado."

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EM MARÇO

Venda de carros 100% elétricos teve aumento de 973% em relação ao ano passado

Os híbridos venderam 7.411 exemplares em março, com aumento de 9,5% em relação a fevereiro deste ano e de 37,4% em comparação a março de 2023

ECONOMIA

O que é o arcabouço fiscal e por que ele é tão importante?

Sistema veio em substituição ao regime de teto de gastos, vigente desde o governo Temer até o fim de 2022

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter