Publicidade

X

Brasil

Ajufe condena juiz de Goiás que pretendia recolher urnas nas eleições

O magistrado, do Juizado Especial Federal Cível de Formosa (GO), disse que mandaria recolher urnas eletrônicas para os militares fazerem perícia nos aparelhos Por Agência Brasil

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 01/10/2018 às 17:23

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), que reúne mais de 2 mil juízes, desembargadores e ministros do Superior Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, informou que Eduardo Rocha Cubas, não faz parte da entidade e repudiou suas atitudes. O magistrado, do Juizado Especial Federal Cível de Formosa (GO), disse que mandaria recolher urnas eletrônicas para os militares fazerem perícia nos aparelhos.

Em nota, a associação condenou a atitude do magistrado, que foi afastado das funções há três dias pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“A Ajufe, única entidade que representa nacionalmente a magistratura federal, acredita na atuação isenta e equilibrada do Conselho Nacional de Justiça para solucionar esse caso isolado que envolve um juiz federal”, diz a nota.

Na sexta-feira (29), o corregedor do CNJ, Humberto Martins, determinou o afastamento por tempo indeterminado do juiz federal Eduardo Luiz Rocha Cubas, de Goiás, por suspeita de violação dos deveres funcionais.

O plenário do conselho se reunirá para analisar o tema dia 9. O processo está na Advocacia Geral da União (AGU).

Na reclamação apresentada pela AGU ao CNJ foi anexado um vídeo no qual o juiz questionava, ao lado do candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, a segurança e a credibilidade das urnas eletrônicas.

Na avaliação da AGU, Eduardo Luiz Rocha Cubas teria manifestado, nesse vídeo, opinião político-partidária incompatível com a função de juiz.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

LOTERIAS

Lotomania, concurso 2.608: prêmio acumulou e vai a R$ 2 milhões

A aposta é unica e custa R$ 3 e pode ser realizada também pela internet, até as 19h

OUTONO

Fim de semana em São Paulo será marcado por pancadas de chuva

No fim de semana a Capital terá dias quentes mas com pancadas de chuva; máxima de 28°C e mínima de 19°C

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter