Publicidade

X

Esportes

De saída, Raikkonen dá sinais de que não ajudará Vettel pelo título

Apesar de Kimi dizer que a Ferrari "tem suas regras e tudo vai funcionar como de costume", alguns episódios desde o final de semana de Monza demonstram o contrário Por Folhapress

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 04/10/2018 às 02:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O Grande Prêmio da Rússia deu mais uma clara demonstração de como Valtteri Bottas vai trabalhar para que Lewis Hamilton conquiste o pentacampeonato nesta temporada: o finlandês abriu passagem para o companheiro de Mercedes e desistiu de uma vitória em Sochi, que seria sua primeira do ano.

O mesmo, contudo, não acontece na Ferrari. Por questões contratuais, a Scuderia só poderia dar algum tipo de ordem a Kimi Raikkonen a partir do momento em que ele tivesse pelo menos 50 pontos de desvantagem em relação a Sebastian Vettel. Por conta disso, apesar de ter tido algumas oportunidades de inverter as posições de seus pilotos, como no GP da Áustria, o time não o fez.

Vettel só conseguiu a vantagem necessária em cima de Raikkonen logo antes do GP da Itália. No entanto, este foi o mesmo momento em que o finlandês foi notificado pela equipe de que não continuaria na Ferrari em 2019.

A partir daí, apesar de, diante das câmeras, Raikkonen dizer que a Ferrari "tem suas regras internas e tudo vai funcionar como de costume", alguns episódios desde o final de semana de Monza demonstram o contrário.

Na classificação na Itália, a Ferrari se viu obrigada a dar a Raikkonen a vantagem de fazer a volta no vácuo do carro de Vettel, enquanto na Mercedes, Hamilton teve esse "luxo" em suas duas tentativas no Q3.

Raikkonen acabou ficando na pole e também não aliviou para Vettel na largada. Isso acabou custando caro para o alemão, que cometeu um erro ao lutar pela segunda posição com Hamilton, tocou-se com o inglês e teve a prova comprometida.

No último final de semana, na Rússia, Vettel demonstrou já saber que não terá ajuda de Raikkonen. Durante a primeira sessão de treinos livres, ele reclamou via rádio que porque a equipe tinha o colocado na pista atrás da outra Ferrari. "É o Kimi. Ele não vai me deixar passar."

A falta de ajuda do companheiro é uma das várias dificuldades que Vettel está enfrentando na luta pelo pentacampeonato. O alemão não tem feito uma temporada tão forte quanto o rival Hamilton. E ainda tem convivido com falhas de execução do time italiano.

O prejuízo é grande: Vettel está a 50 pontos de Hamilton com cinco provas para o final e 125 pontos em jogo. Caso o alemão não comece uma reação já neste final de semana, no GP do Japão, seu rival teria a chance de selar a conquista do título já na etapa seguinte, no GP dos EUA.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

LITORAL PAULISTA

Garoto morre após ser agredido em escola da Baixada Santista; veja vídeo

Adolescente de apenas 13 anos foi agredido por colegas e morreu na última terça; deputada pede explicações a órgãos de segurança e de educação

Vagas de estágio

Empresa Basf tem mais de 300 vagas em aberto; veja as oportunidades

Vagas são para os estados de São Paulo, Bahia, Mato Grosso, Goiás e Pernambuco e devem ser preenchidas ao longo do ano

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter