Publicidade

X

Grande São Paulo

Candidato ao governo de SP, Major Costa e Silva é vítima de ataque a tiros

A PM disse que duas motocicletas, cada uma com dois suspeitos, emparelharam com o carro do militar do Exército e atiraram contra o interior do veículo Por Folhapress De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 04/10/2018 às 15:08

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O candidato ao governo de São Paulo Major Adriano da Costa e Silva (DC), 41, foi vítima de um ataque a tiros por volta das 22h desta quarta-feira (3) na estrada Cooperativa, altura do número 1, em Mauá, no ABC paulista.

O motorista dele, capitão Munhoz, foi baleado no peito, mas usava colete à prova de balas. Por meio de uma rede social, a assessoria afirmou que ele "se encontra fora de perigo" e com "leves escoriações". O capitão também passa bem, segundo confirmou a Polícia Militar.

A PM disse que duas motocicletas, cada uma com dois suspeitos, emparelharam com o carro do militar do Exército, um Chevrolet Prisma preto, e atiraram contra o interior do veículo. Em razão disso, o condutor perdeu o controle do carro, que caiu em uma ribanceira.

Segundo imagens, o carro teve o para-brisa do lado esquerdo trincado, por conta de um disparo, o capô foi arrancado com o impacto da queda e os airbags do veículo também foram acionados.

"O Major Costa e Silva e o capitão Munhoz se encontram fora de perigo, sob proteção da polícia em um hospital, com leves escoriações. O major precisou efetuar disparos para a garantia de suas vidas, mas não atingiu os criminosos [que fugiram]", afirma um trecho de informe divulgado nas redes sociais.

Tanto Costa e Silva como Munhoz foram levados para o hospital Santa Helena, em Santo André, de acordo com a assessoria do local.

Segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quarta, Major Costa e Silva tinha 3% das intenções de voto na disputa ao governo de São Paulo -que é liderada por João Doria (PSDB), com 24%, e Paulo Skaf (MDB), com 21%.

O partido Democracia Cristã, do Major Costa e Silva, lançou a candidatura de José Maria Eymael para a Presidência da República.

OUTRO CASO

Em Roraima, o candidato a deputado estadual e ex-policial militar Deyvid Duarte (PMB) foi baleado na barriga ao entrar em sua casa na capital Boa Vista na noite desta quarta.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CONFUSÃO NA CÂMARA

VÍDEO: Deputado do PSOL troca empurrões com deputado do União e expulsa com chutes integrante do MBL

As agressões ocorreram no fim do corredor das comissões da Câmara, local com intensa movimentação de políticos e assessores

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO

Homem queima namorada após discussão no interior de SP

Vítima está com estado de saúde instável; homem foi preso e caso segue em investigação

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter