Publicidade

X

Grande São Paulo

Plenário da Câmara de Suzano é interditado

A determinação foi da mesa diretiva da Câmara por causa de um afundamento detectado no terreno Da Reportagem De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 05/10/2018 às 11:55

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O plenário da Câmara de Suzano foi interditado. A determinação foi da mesa diretiva da Câmara por causa de um afundamento detectado no terreno. Segundo a Câmara, as sessões parlamentares serão transferidas para o 1º andar do prédio.

A decisão pela interdição ocorreu após o Legislativo receber o relatório de uma vistoria realizada na semana passada pela engenheira civil da Prefeitura de Suzano. No documento consta “afundamento do piso sob o vidro temperado de fechamento” e na “calçada externa localizada na rua Paraná”.

Como a obra do prédio ainda está em período de garantia, os reparos não terão custos à Câmara.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PARAGUAÇU PAULISTA

VÍDEO: Câmeras flagram menino de 12 anos furtando moto no interior SP

Veículo foi abandonado momentos depois; testemunha prestou depoimento à polícia

SABESP CAMINHA PARA PRIVATIZAÇÃO

Privatização da Sabesp é aprovada em SP: veja como cada vereador votou

Projeto de lei que viabiliza a privatização da Sabesp recebeu 36 votos favoráveis e 18 contrários na Câmara de SP; proposta ainda precisa passar por 2ª votação

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter