Publicidade

X

Estado

Prefeito troca tiros com criminosos e sai ileso em Teodoro Sampaio

O prefeito chegava de caminhonete de um evento político na companhia da primeira-dama quando viu um homem se esgueirando nos fundos da casa Por Estadão Conteúdo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 05/10/2018 às 23:20

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O prefeito Ailton César Herling (PSB) trocou tiros com criminosos que invadiram a casa do seu pai, na noite desta quinta-feira, 4, em Teodoro Sampaio, extremo oeste do Estado de São Paulo. Ele chegava de caminhonete de um evento político na companhia da primeira-dama, Maria Aparecida Carvalho Herling, por volta das 22h30, quando viu um homem se esgueirando nos fundos da casa. Ao tentar ver do que se tratava, o homem atirou, mas errou o alvo. Herling pegou sua arma, uma pistola calibre 380, que estava no veículo e também atirou na direção do suspeito.

Foi quando percebeu que havia outro homem armado no quintal e se abrigou atrás da caminhonete, uma S-10 de cabine dupla, fazendo novos disparos. Sua mulher se deitou no interior do veículo.

Durante a troca de tiros uma filha adolescente do casal e o pai do prefeito saíram da casa, mas um dos criminosos mandou que voltassem para dentro. Em seguida, os dois homens pularam o muro e fugiram. A polícia chegou a deter um suspeito, mas ele não foi reconhecido pelas vítimas e acabou liberado.

A Polícia Civil acredita que os criminosos tentariam assaltar a casa e foram surpreendidos com a chegada do prefeito, mas não descarta outras hipóteses, que serão investigadas.

A assessoria de Herling informou que ele se colocou à disposição da polícia para colaborar com a investigação e que sua arma possui registro. A polícia recolheu a pistola para perícia. Conforme a assessoria, o prefeito não vinha recebendo ameaças. Herling está em seu segundo mandato como prefeito. Ele preside o Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista (Ciop).

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EM MARÇO

Venda de carros 100% elétricos teve aumento de 973% em relação ao ano passado

Os híbridos venderam 7.411 exemplares em março, com aumento de 9,5% em relação a fevereiro deste ano e de 37,4% em comparação a março de 2023

ECONOMIA

O que é o arcabouço fiscal e por que ele é tão importante?

Sistema veio em substituição ao regime de teto de gastos, vigente desde o governo Temer até o fim de 2022

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter