Publicidade

X

Estado

Poluição deixa água do Tietê verde no interior

Entre as cidades de Arealva e Itaju, uma camada extensa de algas se formou, o que diminui o nível de oxigênio, causando a morte de peixes Da Reportagem De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 05/10/2018 às 22:45

Atualizado em 06/10/2018 às 02:48

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A poluição do Rio Tietê está deixando a água esverdeada entre as cidades de Arealva e Itaju, no interior paulista. No trecho, uma camada extensa de algas se formou, o que diminui o nível de oxigênio, ocasionando a mortandade de peixes.

Segundo especialistas, o excesso de algas é consequência do alto nível de poluição da água. A sujeira teria sido provocada pela abertura de comportas de três usinas na região metropolitana de São Paulo. A mancha escura cobriu todo o leito do rio e a lama negra deixou a água viscosa e densa em Salto. A sujeira seguiu o fluxo do rio, que é em direção ao centro do Estado, e a poluição acabou parando na região de Arealva, onde a água esverdeada e há maior concentração de aguapés.

Mancha em Salto

O fenômeno aconteceu menos de duas semanas após ter sido anunciada uma redução de 8 quilômetros na mancha de poluição do rio, justamente no trecho de Salto. “A gente celebrou esse recuo, mas agora estamos vendo um lamentável avanço na poluição”, disse a ambientalista Malu Ribeiro, do projeto Observando os Rios, da Fundação SOS Mata Atlântica. Em 2014, uma operação semelhante a abertura das comportas, nas barragens resultou na morte de 40 toneladas de peixe em Salto.


*Com informações do Estadão Conteúdo

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EDUCAÇÃO

Confira 5 livros infantis para alfabetização

Livros infantis podem auxiliar no processo de alfabetização dos pequenos através de formas lúdicas, coloridas e interativas

TRANSFOBIA NA ZONA SUL

Homem que disparou e matou mulher trans é procurado em SP

Polícia trabalha com a hipótese de transfobia; o caso foi registrado como homicídio e tentativa de homicídio no 47º Distrito Policial

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter