Publicidade

X

Estado

Não sou igual ao Bolsonaro e não apoio integralmente as posições dele, diz Doria

Doria afirmou não ser igual ao presidenciável Jair Bolsonaro e citou diferenças em relação a ele nos temas da ditadura militar e das mulheres Por Folhapress De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 08/10/2018 às 17:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

No primeiro pronunciamento após o fim do primeiro turno, o candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, João Doria, afirmou nesta segunda-feira (8) não ser igual ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e citou diferenças em relação a ele nos temas da ditadura militar e das mulheres.

Neste domingo (7), ele anunciou apoio ao militar contra o PT no segundo turno da campanha presidencial.

"Não sou igual ao Bolsonaro e não apoio integralmente as posições dele", disse, ao ser questionado sobre a ditadura militar. "Endosso sim as políticas econômicas."

Questionado sobre outra diferença com o militar, disse: "Meu apoio às mulheres".

Na entrevista, ele tentou colar em Márcio França (PSB), seu adversário no segundo turno ao governo paulista, a imagem de esquerdista. "Márcio França representa a velha política, populista, genérico do PT", disse.

Doria afirmou também que os eleitores não vão "aceitar as ordens" de Paulo Skaf (MDB), ao ser perguntado sobre eventual apoio do candidato derrotado a França.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EM MARÇO

Venda de carros 100% elétricos teve aumento de 973% em relação ao ano passado

Os híbridos venderam 7.411 exemplares em março, com aumento de 9,5% em relação a fevereiro deste ano e de 37,4% em comparação a março de 2023

ECONOMIA

O que é o arcabouço fiscal e por que ele é tão importante?

Sistema veio em substituição ao regime de teto de gastos, vigente desde o governo Temer até o fim de 2022

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter