Publicidade

X

Brasil

PSL terá umas das maiores bancadas na Câmara

O PSL, partido de Bolsonaro, foi a legenda que mais ganhou cadeiras na comparação do resultado de 2014 com o de 2018 Por Aline Fonseca De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 08/10/2018 às 21:22

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

As eleições deste ano renderam ao PT e PSL o maior número de representantes na Câmara dos Deputados, composta por 513 deputados federais de 30 partidos diferentes. A bancada do PT terá 56 deputados e a do PSL, 52.

Entre os deputados federais do PSL está Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro, que foi eleito por São Paulo com mais de 1, 8 milhão de votos, alcançando a marca do deputado federal mais votado na história do País.

Em seguida vem a candidata, Joice Hasselmann, do mesmo partido, que teve mais de 1 milhão de votos.

O PSL foi a legenda que mais ganhou cadeiras na comparação do resultado de 2014 com o de 2018. Quatro anos atrás, o PSL tinha eleito apenas um deputado federal.

Depois do PSL, os partidos PDT, PRB e DEM foram os que mais aumentaram o número de cadeiras na comparação com 2014. PDT e PRB ficaram com mais 9 deputados cada um, o DEM conquistou mais 8 cadeiras. No total, PRB tem uma bancada com 30 representantes. O PDT, com 28 e o DEM passa para 29 deputados.

Entre um dos 30 deputados federais do PRB está Celso Russomano, que foi eleito com mais de 500 mil votos. Kim Kataguiri (DEM) também foi um dos que irá ocupar uma das cadeiras do partido na Câmara dos Deputados. Kim foi o quarto deputado federal por São Paulo mais votado, com 465 mil votos.

Além deles os paulistas também elegeram Tiririca (PR), Tabata Amaral (PDT), Policial Katia Sastre (PR), Sâmia Bomfim (PSOL), Pastor Marco Feliciano (Podemos) e Capitão Augusto (PR). No total, 70 deputados federais irão representar o estado de São Paulo no Legislativo. (Veja na tabela ao lado os deputados federais eleitos e o total de votos).


lista dos deputados federais eleitos GSP

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

rodovia Padre Manoel da Nóbrega

Rodovia que corta o Litoral terá 12 pontos de pedágio; veja os locais

Caso os pontos de cobrança da rodovia tenha o valor máximo, o preço total pago em pedágios para cortar a Padre Manoel da Nóbrega será de R$ 72

Lote Litoral Paulista

Rodovias privatizadas no Litoral devem ter 15 pontos de pedágio; veja os locais

Concessão da Parceria Público-Privada possui 213 quilômetros de extensão em rodovias ligando o Alto Tietê ao litoral sul de São Paulo

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter