Publicidade

X

Brasil

Haddad acena para Márcio França e diz 'não saber' se conversará com FHC

Após França ter defendido a neutralidade do partido na corrida presidencial, Haddad lembrou que o PT apoia candidatos do PSB em Estados no primeiro e no segundo turno Por Estadão Conteúdo De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 09/10/2018 às 16:25

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, reafirmou a intenção de uma aliança com o PSB no segundo turno da disputa, acenando para um apoio a Márcio França (PSB) na disputa pelo governo de São Paulo. Após França ter defendido a neutralidade do partido na corrida presidencial, Haddad lembrou que o PT apoia candidatos do PSB em Estados no primeiro e no segundo turno. No último domingo, 7, o PSB elegeu candidatos em Pernambuco, Paraíba e Espírito Santo.

"Essa recomposição de campo é importante para nós", disse Haddad, sobre a intenção de uma aliança com o PSB, citando também o PDT de Ciro Gomes e o PSOL, que já declarou apoio ao petista. Haddad afirmou que, no momento, ninguém está discutindo a definição de cargos em um eventual governo.

O ex-prefeito de São Paulo afirmou ainda que não conversou com lideranças do PSDB e que não sabe se vai procurar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Para o candidato petista, FHC tem feito declarações "contraditórias" sobre seu posicionamento. Na segunda-feira, o tucano negou ter declarado apoio a Fernando Haddad. Ao jornal O Globo, disse que nenhum dos candidatos no segundo turno agrada, mas que "Bolsonaro está excluído". "Não sei, vamos ver", disse Haddad sobre buscar uma conversa com o cacique do PSDB.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PARAGUAÇU PAULISTA

VÍDEO: Câmeras flagram menino de 12 anos furtando moto no interior SP

Veículo foi abandonado momentos depois; testemunha prestou depoimento à polícia

SABESP CAMINHA PARA PRIVATIZAÇÃO

Privatização da Sabesp é aprovada em SP: veja como cada vereador votou

Projeto de lei que viabiliza a privatização da Sabesp recebeu 36 votos favoráveis e 18 contrários na Câmara de SP; proposta ainda precisa passar por 2ª votação

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter