Publicidade

X

Grande São Paulo

Jovem que teve testa tatuada deixa clínica de tratamento

Foram quase 16 meses de tratamento desde que ele ficou internado em 13 de junho de 2017. Da Reportagem Da Grande São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 14/10/2018 às 10:51

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O jovem de 18 anos que teve a testa tatuado com a frase “eu sou ladrão e vacilão”, por dois homens na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, deixou a clínica na última quarta-feira, onde fazia tratamento contra o vício de crack e álcool. Apesar de receber alta, o adolescente precisará seguir algumas recomendações para controlar a dependência química.

Foram quase 16 meses de tratamento desde que ele ficou internado em 13 de junho de 2017 na Clínica Grand House, em Mairiporã. Recentemente ele foi transferido para outra unidade, em Extrema (MG), de onde saiu em alta do tratamento.
O tratamento a que o jovem foi submetido incluiu sessões de terapia a laser para a retirada da tatuagem na testa, que deverá ser continuada por ele mesmo fora da internação.

Em liberdade

Os dois homens que tatuaram a testa do adolescente foram condenados pelo crime no dia 19 de fevereiro
deste ano.

O músico e tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 29 anos, conseguiu progressão da pena e está em regime aberto desde 25 de maio deste ano. Ele deixou a Penitenciária “Dr. José Augusto César Salgado” de Tremembé II, no interior de São Paulo, após a Justiça conceder alvará de soltura, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Maycon foi preso no dia 9 de junho do ano passado.

Já Ronildo Moreira de Araújo, 31 anos, foi condenado a três anos e seis meses de reclusão em regime inicial fechado pelo crime de lesão corporal gravíssima e de cinco meses e sete dias de detenção em regime inicial semiaberto pelo crime de constrangimento ilegal.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

LOTERIAS

Lotomania, concurso 2.608: prêmio acumulou e vai a R$ 2 milhões

A aposta é unica e custa R$ 3 e pode ser realizada também pela internet, até as 19h

OUTONO

Fim de semana em São Paulo será marcado por pancadas de chuva

No fim de semana a Capital terá dias quentes mas com pancadas de chuva; máxima de 28°C e mínima de 19°C

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter