X

Estado

Quatro mulheres são vítimas de feminicídio em São Paulo

Dois autores dos crimes foram presos, um se suicidou após o crime e um está foragido Por Agência Brasil

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 15/10/2018 às 15:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Quatro vítimas de feminicídio morreram neste feriado prolongado no estado de São Paulo, segundo a Secretaria de Segurança Pública. Dois autores dos crimes foram presos, um se suicidou após o crime e um está foragido.

O caso mais recente ocorreu em Bonsucesso, distrito de Guarulhos. R.J.S., 30 anos, matou a ex-namorada E.B. de 22 anos. Segundo testemunhas, ele foi até a casa da ex-namorada, onde disparou com arma de fogo contra ela. A vítima foi levada para o Hospital Municipal Pimentas, mas não resistiu e morreu.

O autor dos disparos tentou se esconder em uma igreja, mas foi encontrado e detido por policias militares na madrugada deste domingo. O caso foi registrado como homicídio com agravante de feminicídio no 4º Distrito Policial.

Outro caso foi na região do Campo Limpo, zona sul da capital paulista. J.M. da S., 47 anos, foi preso em flagrante após matar a ex-mulher R.S. de S., de 35 anos, às 21h de sexta-feira (12). A vítima foi levada para o Hospital do Campo Limpo, onde morreu.

Confissão de crime

A polícia encontrou J.M. da S. com a ajuda de uma testemunha, que indicou o local onde o autor do crime se encontrava. Ele, ao ser surpreendido, confessou o crime e indicou a localização da arma usada, um revólver calibre 38 com numeração raspada, que foi apreendida. O caso foi registrado no 89º Distrito Policial como homicídio com agravante de feminicídio e posse ilegal de armas de fogo.

Na cidade de Sumaré, interior paulista, houve o terceiro caso, um homicídio seguido de suicídio. E.H.R., 45 anos, matou a esposa R.B.B., 46 anos, às 9h de sexta-feira (12).

O casal estava em processo de separação e o homem não morava mais no imóvel onde a vítima foi morta. O marido pediu para que os dois filhos fossem para a casa do vizinho, matou a esposa e se matou em seguida. Quando a polícia chegou, encontrou os corpos e o revólver calibre 38.

A quarta mulher morta foi a ajudante geral S.C.M., 34 anos, incendiada pelo marido, o serralheiro A.A.F., 42 anos, que está foragido.

O crime foi na manhã do dia 8 de outubro, às 11h, na casa do casal, em Parelheiros, zona sul da capital paulista. Noite anterior ao crime, um primo da vítima foi até a casa da vítima e ouviu as discussões.

A mulher foi levada para o Hospital do Grajaú, onde passou a semana internada para tratar as queimaduras pelo corpo, mas morreu na madrugada do sábado (13). O caso foi registrado como feminicídio no 101º Distrito Policial.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

MELHORE SEU DESEMPENHO

Como ir bem na entrevista de emprego? Veja dicas de especialista

Com a competição acirrada no mercado de trabalho, as entrevistas de emprego têm se tornado um processo cada vez mais importante

ATUALIZAÇÃO DO CASO

Novo suspeito de participar do sequestro de PM no Litoral é preso

Imagens de câmeras de segurança registraram suspeito ao lado de Luca Romano Angerami, que continua desaparecido; caso é investigado

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter