Publicidade

X

Mundo

Kim Jong-un deseja 'paz duradoura', diz presidente da Coreia do Sul

Moon Jae-in elogiou a "sinceridade" de Kim Jong-un e pediu à comunidade internacional que o "acompanhe" em seu "desejo de paz", em uma entrevista ao jornal francês Le Figaro Por Folhapress

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 16/10/2018 às 00:15

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O presidente sul-coreano, Moon Jae-in, elogiou a "sinceridade" de seu colega do Norte, Kim Jong-un, e pediu à comunidade internacional que o "acompanhe" em seu "desejo de paz", em uma entrevista ao jornal francês Le Figaro.

"Apesar da juventude, Kim Jong-un demonstra sinceridade, simplicidade, calma e educação. Durante nossos três encontros este ano, pude comprovar que tinha uma visão clara da prosperidade e da paz no Sul e no Norte", declarou Moon, durante uma visita oficial à França.

Kim tem também "uma forte vontade, com a condição de que seu regime seja garantido, de dedicar toda sua energia ao desenvolvimento econômico de seu país em detrimento da arma nuclear", completou, em um momento de distensão entre as duas Coreias, depois da tensão extrema provocada pelos programas nuclear e balístico de Pyongyang.

"É hora de responder a estes esforços [...] e devemos acompanhá-lo em seu desejo de paz duradoura e sólida", afirmou Moon, enquanto os pontos de vista de Seul e Washington, o outro grande personagem nas negociações sobre a questão nuclear coreana, parecem cada vez mais afastados.

A comunidade internacional está dividida sobre a manutenção ou o alívio das sanções contra Pyongyang, após as declarações de Kim Jong-un a favor de uma desnuclearização.

Moon Jae-in é o principal arquiteto da espetacular distensão atual com a Coreia do Norte, país submetido a sanções da ONU por seus programas nuclear e balístico.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EM MARÇO

Venda de carros 100% elétricos teve aumento de 973% em relação ao ano passado

Os híbridos venderam 7.411 exemplares em março, com aumento de 9,5% em relação a fevereiro deste ano e de 37,4% em comparação a março de 2023

ECONOMIA

O que é o arcabouço fiscal e por que ele é tão importante?

Sistema veio em substituição ao regime de teto de gastos, vigente desde o governo Temer até o fim de 2022

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter