Publicidade

X

Estado

Candidatos ao governo de São Paulo fazem aceno a professores

No dia dos professores, João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) apresentaram propostas na área da educação, num aceno aos profissionais Por Folhapress De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 15/10/2018 às 18:50

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

No dia dos professores, os candidatos ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) apresentaram propostas na área da educação, num aceno aos profissionais.

Doria prometeu investir em tecnologia nas escolas, com uso de lousas digitais. O programa tucano simulou uma sala de aula para criticar o adversário. Vozes infantilizadas respondem questões formuladas pela professora, que diz que o PSB é amiguinho do PT, apoia Fernando Haddad e que França foi aliado dos governos de Lula e Dilma Housseff.

Ela pergunta ainda com o governador diz ter feito tanto em apenas seis meses e diz que isso nem ele consegue responder. A mesma estratégia foi usada no primeiro turno contra Paulo Skaf (MDB).

França destacou que é casado há 30 anos com a professora Lúcia França e se comprometeu a zerar a fila de creches e ampliar cursos técnicos e universidades à distância, além de melhorar o salário do funcionalismo público no estado. Segundo ele, não houve aumento nos últimos meses em virtude da restrição da legislação eleitoral.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

rodovia Padre Manoel da Nóbrega

Rodovia que corta o Litoral terá 12 pontos de pedágio; veja os locais

Caso os pontos de cobrança da rodovia tenha o valor máximo, o preço total pago em pedágios para cortar a Padre Manoel da Nóbrega será de R$ 72

Lote Litoral Paulista

Rodovias privatizadas no Litoral devem ter 15 pontos de pedágio; veja os locais

Concessão da Parceria Público-Privada possui 213 quilômetros de extensão em rodovias ligando o Alto Tietê ao litoral sul de São Paulo

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter