X

Estado

Cesp é vendida sem concorrência com ágio de 2,09%

A companhia foi arrematada pelo Consórcio São Paulo Energia. Em sessão pública ocorrida na B3, Bolsa de Valores de São Paulo, cada ação foi vendida por R$ 14,60 Por Agência Brasil

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 19/10/2018 às 19:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O Consórcio São Paulo Energia arrematou em leilão hoje (19) o controle acionário da Companhia Energética de São Paulo (Cesp). Em sessão pública ocorrida na B3, Bolsa de Valores de São Paulo, cada ação foi vendida por R$ 14,60, sendo que o preço inicial era de R$ 14,30. A privatização ocorreu sem que houvesse concorrência, pois somente uma proposta foi apresentada.

A privatização permite a renovação da concessão, por 30 anos, da Usina de Porto Primavera, localizada no Rio Paraná, próximo à cidade de Rosana (SP), no Pontal do Paranapanema. A usina tem a barragem mais extensa do Brasil, com 1.540 megawatts (MW) de potência instalada.

A Cesp é sociedade de capital aberto, concessionária de serviço público de geração de energia elétrica no estado. A companhia foi constituída em 5 de dezembro de 1966, como Centrais Elétricas de São Paulo, a partir da fusão de 11 empresas de energia elétrica.

A companhia opera, no total, com três usinas hidrelétricas: Jaguari, Paraibuna e Porto Primavera. Juntas, somam 1.654,6 MW de capacidade instalada e 1.056,6 MW de garantia física de energia. Ao todo, são 18 unidades geradoras envolvidas na operação.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIME DE TRÂNSITO

Motoristas pagam R$ 600 por dispositivo anti-multa

Golpe da folha magnética permite encobrir caracteres da placa do veículo

Oportunidade em Guarulhos

Feira de empregos: prefeitura e institutos devem oferecer 200 vagas em evento

Para participar dos processos seletivos é necessário levar um documento de identificação original e o currículo atualizado

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter