Publicidade

X

Capital

Rua dos Pinheiros terá calçada ampliada por 35 dias

A ideia do prefeito Bruno Covas é incluir mais 790 metros quadrados de calçadas na via a partir de 5 de novembro Da Reportagem De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 23/10/2018 às 13:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Conhecida pelas inúmeras opções de restaurantes e bares, a Rua dos Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, terá suas calçadas ampliadas por 35 dias em projeto experimental anunciado neste domingo pela Prefeitura de São Paulo (21) e patrocinado pela empresa de transporte 99.

A ideia, de acordo com a administração municipal, é incluir mais 790 metros quadrados de calçadas na via a partir da ocupação de 20 vagas de estacionamento do tipo zona azul, com exceção das vagas dedicadas a idosos, pessoas com deficiência e carga e descarga, que serão mantidas.

Os espaços ganharão pintura e até mobiliário temporários, como puffs. O projeto começa no dia 5 de novembro e vai até 10 de dezembro.

A iniciativa, batizada de Caminhar Pinheiros, foi elaborada pela Prefeitura de São Paulo em parceria com o vereador Police Neto e a Associação Coletivo Pinheiros.

A ampliação das calçadas será implantada no trecho entre as ruas Cônego Eugênio Leite e Joaquim Antunes.

“Um terço dos deslocamentos em São Paulo é feito a pé. Aumentou o número de pessoas andando nessa região e precisamos dar mais segurança a elas. Com essa intervenção, a população vai perceber o quanto se ganha em qualidade de vida ampliando as calçadas”, declarou o prefeito Bruno Covas.

Segundo Police Neto, o Caminhar Pinheiros nasceu de um desejo dos moradores e comerciantes.

“Eles notaram que as pessoas estão caminhando mais e decidiram valorizar essa iniciativa”, enfatizou.


*Com informações do Estadão Conteúdo

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EM MARÇO

Venda de carros 100% elétricos teve aumento de 973% em relação ao ano passado

Os híbridos venderam 7.411 exemplares em março, com aumento de 9,5% em relação a fevereiro deste ano e de 37,4% em comparação a março de 2023

ECONOMIA

O que é o arcabouço fiscal e por que ele é tão importante?

Sistema veio em substituição ao regime de teto de gastos, vigente desde o governo Temer até o fim de 2022

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter