últimas notícias
Beyoncé conquista 28º Grammy e se torna a mulher que mais ganhou o prêmio
Beyoncé conquista 28º Grammy e se torna a mulher que mais ganhou o prêmio
Foto: REPRODUÇÃO/ABC STUDIOS

Beyoncé conquista 28º Grammy e se torna a mulher que mais ganhou o prêmio na história

Ela ganhou quatro Grammys neste domingo (14) e superou Alison Krauss na soma de vitórias na maior premiação da música mundial

Beyoncé ganhou quatro Grammys neste domingo (14) e virou a mulher que mais levou a premiação na história, somando 28 vitórias.

Ela ganhou em 2021 os prêmios de melhor performance R&B, melhor clipe, melhor música de rap e melhor performance de rap.

A artista que mais havia ganhado prêmios no Grammy antes de Beyoncé era a cantora country Alison Krauss.

"Estou trabalhando a vida inteira desde os nove anos de idade. Nem acredito que isso está acontecendo, essa noite é mágica. Eu sei que meus filhos estão me assistindo. Blue, parabéns, você ganhou o Grammy. Estou muito orgulhosa de você, é uma honra ser a mãe de todos vocês", disse Beyoncé.

Agora, ela está empatada com Quincy Jones e só tem menos Grammys que o maestro Georg Solti, morto em 1997, que somou 31 na carreira.

A cantora Billie Elish também levou um prêmio e disse que Megan Thee Stalion merecia ganhar. “Megan, você merecia este prêmio, você teve um ano imbatível. Você é uma rainha, quero chorar quando penso em como você é especial e trabalhou por isso", disse Billie no palco que venceu na categoria Gravação do ano, por "Everything I Wanted".

Alguns vencedores foram anunciados antes da festa principal, em uma pré-cerimônia. Lady Gaga e Ariana Grande levaram o prêmio de melhor performance de grupo ou duo pop com “Rain on Me".

SHOWS.

A noite teve apresentação do comediante Trevor Noah e shows de artistas como Billie Eilish, Dua Lipa, BTS, Harry Styles, Bad Bunny, Anderson Paak, Bruno Mars, Brittany Howard e Taylor Swift.

Por causa da pandemia, cada 45 minutos de cerimônia teve um line-up de quatro atrações. Os palcos também foram remontados a cada 45 minutos.


Comentários

Tops da Gazeta