últimas notícias
Jennifer Lawrence
Jennifer Lawrence
Foto: Reprodução/Facebook

Jennifer Lawrence diz que usou drogas em cena para novo filme da Netflix

Atriz conta que usou substância para dar mais veracidade a personagem

Para dar mais veracidade a uma cena do novo filme da Netflix, "Não Olhe Para Cima", que chega à plataforma em dezembro, a atriz Jennifer Lawrence, 31, confidenciou que usou maconha com autorização do diretor, Adam McKay.

Na cena, a própria personagem está chapada e tem um bate-papo com a personagem de Meryl Streep. Para isso, ela quis ficar chapada de verdade.

"Todo mundo estava mexendo comigo [durante a cena], acho que porque eu estava chapada. Foi fácil ficar com raiva", acrescentou a atriz em entrevista repercutida pelo El País.

Lawrence contou em setembro que espera seu primeiro filho. Porém, na mesma entrevista ela fez questão de dizer que na época não estava gestante.

A Netflix divulgou o primeiro teaser do filme "Não Olhe Para Cima". O projeto deverá estrear dia 9 de dezembro nos cinemas e chegará ao streaming em 24 de dezembro. O filme conta com grandes nomes no elenco como Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence, Timothée Chalamet, Meryl Streep e Ariana Grande.

O longa-metragem tem direção, roteiro e produção feitos pelo vencedor do Oscar Adam McKay, que dirigiu filmes como "A Grande Proposta" (2015) e "Quase Irmãos" (2008). A trama acompanha a estudante de astronomia Kate Dibiasky (Jennifer Lawrence) e seu professor, Dr. Randall Mindy (Leonardo DiCaprio).

Os dois descobrem que um cometa está prestes a colidir com a Terra, mas ninguém parece se importar. Então, eles aceitam a missão de alertar a humanidade sobre o impacto da rocha e contam com a ajuda do Dr. Oglethorpe (Rob Morgan) para entrar no gabinete da presidente Orlean (Meryl Streep) e seu filho Jason (Jonah Hill).

No longa, foi divulgado que a atriz recebeu menos dinheiro do que o outro protagonista, o ator Leonardo DiCaprio. Segundo a Variety, ela recebeu cerca de R$ 140 milhões pelo projeto enquanto o colega teria ganho R$ 168 milhões.

"Tenho certeza de que outras mulheres em seu local de trabalho também viram que é extremamente desconfortável pedir igualdade de remuneração. E se você questionar algo que parece desigual, eles dizem que não é disparidade de gênero, mas não podem dizer o que é exatamente", comentou ela ao dizer que foi a primeira estrela a ser convidada para o longa.

Em fevereiro, a atriz ficou ferida após um acidente no set do filme, que está sendo rodado em Boston, nos Estados Unidos. Uma explosão que fazia parte da cena deu errado e a atriz foi atingida no rosto por um caco de vidro.

De acordo com o site TMZ, o fragmento atingiu a pálpebra de Jennifer, que sangrou bastante. As gravações, que também contava com Timothée Chalamet, tiveram de ser canceladas.

Comentários

Tops da Gazeta