X

HOMICÍDIO CULPOSO

Alec Baldwin e responsável por arma serão julgados por morte no set

Ele responderá por homicídio culposo (sem intenção de matar); segundo a promotora, o ator tinha o dever de garantir que a arma e as balas fossem devidamente verificadas

Da Reportagem

Publicado em 19/01/2023 às 15:04

Atualizado em 19/01/2023 às 15:11

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Alec Baldwin negou a responsabilidade pela morte de Hutchins ao dizer que foi informado de que a arma estava "fria", um termo da indústria que significa que é seguro de usar / Reprodução/Instagram

A promotoria do Estado do Novo México anunciou que vai acusar formalmente o ator Alec Baldwin pela morte da diretora Halyna Hutchins no set de filmagem de “Rust”. Ele responderá por homicídio culposo (sem intenção de matar). A informação da abertura dos processos criminais foi anunciada nesta quinta-feira (19). Além do ator, Hannah Gutierrez-Reed, responsável pelas armas no set, também vai responder na Justiça.

“Depois de uma análise completa das evidências e das leis do estado do Novo México, determinei que há evidências suficientes para apresentar acusações criminais contra Alec Baldwin e outros membros da equipe de filmagem de ‘Rust'”, disse a primeira promotora judicial do Novo México, Mary Carmack-Altwies, à Reuters.

O primeiro assistente de direção do filme, Dave Halls, pessoa que entregou a arma a Baldwin, concordou em se declarar culpado de uso negligente de uma arma letal.

Além de Halyna, o diretor Joel Souza também ficou ferido quando Baldwin disparou durante um ensaio no set do filme de faroeste em outubro de 2021. A arma estava carregada com munição real e não cenográfica.

Segundo a promotora, o ator tinha o dever de garantir que a arma e as balas fossem devidamente verificadas e que ele nunca deveria ter apontado para ninguém.

“Você não deve apontar uma arma para alguém que não está disposto a atirar”, disse a promotora Carmack-Altwies, em entrevista. “Isso vai para os padrões básicos de segurança.”

Baldwin negou a responsabilidade pela morte de Hutchins ao dizer que foi informado de que a arma estava “fria”, um termo da indústria que significa que é seguro de usar.

Relembre o caso

A diretora de fotografia Halyna Hutchins foi morta e o diretor Joel Souza foi ferido quando uma arma que Baldwin estava usando durante um ensaio em outubro de 2021 disparou uma bala real. O filme estava sendo filmado no Bonanza Creek Ranch, nos arredores de Santa Fé, Novo México.

O ator de “30 Rock” e “Saturday Night Live”, que também atuou como produtor em “Rust”, negou a responsabilidade pelo tiroteio.

Um teste forense do FBI do revólver de ação única que Baldwin estava usando descobriu que ele “funcionava normalmente” e não disparava sem que o gatilho fosse puxado.

O Escritório do Investigador Médico do Novo México considerou o tiroteio um acidente, dizendo que a arma não parecia ter sido carregada deliberadamente com uma munição real. As autoridades têm tentado determinar como uma bala real chegou ao set de filmagem.

A família de Hutchins resolveu um processo de homicídio culposo contra Baldwin e outros produtores no ano passado.

Pelo acordo, as filmagens do filme de baixo orçamento devem ser retomadas neste mês, com o marido de Hutchins atuando como produtor executivo.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ARMAS E DROGAS

Polícia prende especialistas em roubo de cargas milionárias em SP; veja fotos

Quadrilha vinha sendo investigada por três roubos no interior paulista

Apagão 2024

Mancha solar reaparece e pode causar apagão

A tempestade desse mês foi marcada por auroras boreais e austrais em vários lugares do mundo

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter