Publicidade

X

Televisão

Apresentadora Mylena Ciribelli é demitida da Record após 14 anos

Sua saída foi comunicada após a edição do Fala Brasil, programa em que comandava um quadro esportivo

GABRIEL VAQUER - Folhapress

Publicado em 06/12/2023 às 21:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Apresentadora Mylena Ciribelli / Instagram

A Record demitiu nesta quarta-feira (8) a apresentadora Mylena Ciribelli, sua principal e única estrela ligada ao esporte. Sua saída foi comunicada após a edição do Fala Brasil, programa em que comandava um quadro esportivo.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Mylena já teria sua saída definida desde os cortes realizados em julho por conta dos prejuízos financeiros que a empresa teve em 2022, mas a direção desistiu na última hora. Desta vez, não houve outra alternativa.

A Record contratará um novo nome, com salário menor que o de Mylena, para apresentar as transmissões do Campeonato Paulista 2024 a partir de janeiro. A Record ainda fecha a equipe de narração e comentários.

Mylena Ciribelli começou a carreira na extinta Rede Manchete (1983-1999) em 1985, quando foi contratada para apresentar o Som Maior além de programas especiais, onde entrevistou artistas e bandas como The Cure.

Em 1988, foi transferida para o esporte da Manchete, onde começou a apresentar os boletins da Olimpíada de Seul, da Fórmula 1 e o programa Manchete Esportiva.

Ao se destacar, chamou a atenção da Globo, e foi contratada pela líder de audiência em 1991. Por lá, comandou inicialmente o Esporte Espetacular. Mylena agradou e acabou também à frente do Globo Esporte Rio de Janeiro.

Na Globo, também comandou o Placar Eletrônico e os blocos esportivos do Fantástico, Jornal Hoje e Bom Dia Brasil.

Em 2009, foi anunciada como nova contratada da Record, onde apresentou o programa Esporte Fantástico aos sábados de manhã. Com a extinção do programa durante a pandemia da COVID-19, passou a apresentar um quadro no programa Balanço Geral, do Rio de Janeiro.

Em 2022, Mylena comandou o Esporte Record, junto de Fred Ring, mas a atração saiu do ar após o fim dos estaduais transmitidos pelo canal. Desde então, fazia um quadro de esportes no Fala Brasil, o jornalístico matinal da Record.

Procurada pelo F5, a Record enviou o seguinte comunicado: "Confirmamos o desligamento da apresentadora". Mylena não atendeu às ligações da reportagem.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIMINALIDADE

Polícia Civil fecha empresa que aplicava golpes financeiros no centro de SP

Golpe era através de aplicativos de mensagens; 23 pessoas foram apreendidas na operação

AMARELINHA

Dorival chama são-paulinos e palmeirenses na primeira convocação

Dorival Jr. fez a sua primeira convocação para a seleção brasileira nesta sexta; veja lista

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter