Publicidade

X

Anexo

História da vida real

RICARDO

Publicado em 23/04/2019 às 18:17

Atualizado em 23/04/2019 às 18:24

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

reprodução/instagram

As histórias retratadas em "Malhação - Toda Forma de Amar" abordam a violência no Rio de Janeiro e, na vida real, a atriz Mariana Santos, 42, diz que já sentiu pânico de ter de sair de casa. Se a trama narra assaltos frequentes, assassinatos, o papel da milícia e a convivência das famílias em meio a todas essas questões, Mariana diz que sente na pele essa realidade. "Eu praticamente só saio de casa para trabalhar. Tive uma fase que passar pela Grajaú-Jacarepaguá me dava pânico. Eu tinha pavor, tremia e chorava", conta a atriz, em entrevista ao jornal carioca Extra. Dona de uma lanchonete na trama, a personagem Carla é paranoica com a violência urbana e, por isso, controla a vida dos filhos Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia).

Grupo Globo. Analista de arbitragem, o ex-árbitro Sálvio Spinola é o mais novo contratado do Grupo Globo. O comentarista se junta aos já analistas do canal Sandro Meira Ricci e PC Oliveira para elucidar durante as partidas os lances mais confusos e polêmicos em cada rodada. De acordo com comunicado da emissora, a estreia dele deve ocorrer já no domingo (28), com a chegada da primeira rodada do Brasileirão. Na manhã de segunda-feira, ele se despediu dos companheiros de ESPN. Foi no canal que Sálvio ficou pelos últimos seis anos. "Passou rápido. Quase seis anos e parece que foi ontem. Obrigado, ESPN, pelas oportunidades. Orgulho de trabalhar ao lado de grandes profissionais que me ensinavam todos os dias. Fiz grandes amigos", escreveu ele em seu Twitter.

Cantor Daniel. Esqueça o Daniel que o Brasil está acostumado a ver nos palcos desde 1985. Após três meses de trabalho criando novas versões para clássicos como "Estou Apaixonado", "Adoro Amar Você", "Declaração de Amor" e "Eu Sem Você", o cantor de 50 anos volta à estrada para apresentar seu novo show, intitulado "Versões de Mim". "A cada show, eu ficava me perguntando: o que fazer de novo? A conclusão foi que existem canções eternizadas, que nunca podem ficar de fora. Por isso, decidi dar uma repaginada, colocar arranjos diferentes. São versões de mim, versões novas de canções que marcaram minha história e são relevantes na minha vida", conta o artista.

MC Koringa . O funkeiro MC Koringa, 39, passa bem depois de ser submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor benigno no tecido ósseo do ouvido. O artista corria o risco de ficar surdo. A cirurgia foi realizada no hospital São Francisco, no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro. (FP)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Taboão da Serra inicia entrega do uniforme escolar

Expectativa é que até o dia 15 de março todos os estudantes tenham recebido o kit completo

Direitos Humanos

'Inconcebível', diz Alckmin sobre ataques contra civis em Gaza

Assim como Lula, vice-presidente fez apelo à comunidade internacional

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter