X

Carnaval 2023

Janja recebe convite para ser madrinha da Imperatriz Leopoldinense no Carnaval do Rio

O convite foi feito após Janja e a própria escola receberem críticas da youtuber Antonia Fontenelle pelas redes sociais

FOLHAPRESS

Publicado em 03/01/2023 às 09:24

Atualizado em 03/01/2023 às 09:28

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Janja recebe convite para ser madrinha no Carnaval / Reprodução/Instagram

A escola carioca Imperatriz Leopoldinense, oito vezes campeã do Carnaval do Rio, convidou a primeira-dama, Janja, para ser madrinha da Velha Guarda da agremiação no desfile de 2023. O convite foi feito após Janja e a própria escola receberem críticas da youtuber Antonia Fontenelle pelas redes sociais.

Pelos stories, Antonia comentava a posse de Lula (PT). Em determinado momento, resolveu falar mal da roupa usada por Janja. Só que, para isso, fez uma comparação do look com a escola de samba carioca.

"É isso. Isso aqui é a Velha Guarda da Imperatriz Leopoldinense. Escola apática, não fede nem cheira. É a Imperatriz Leopoldinense. Nem é a Velha Guarda da Mangueira, da Mocidade ou da Grande Rio. Só por Deus", disse a youtuber.

Os ataques motivaram uma série de respostas não só da Imperatriz, mas de outras agremiações como Salgueiro, Unidos da Tijuca e Mocidade. "Os ataques infundados de quem desconhece a história do Carnaval atingem não somente a nossa Agremiação, mas, sobretudo, nossa comunidade, torcedores, componentes e, consequentemente, todo o mundo do samba", postou a Imperatriz.

"Após os ataques à primeira-dama do Brasil e à nossa Agremiação, convidamos publicamente a querida Janja para desfilar como madrinha de nossa galeria da Velha Guarda no Carnaval de 2023", concluiu.

Janja ainda não havia respondido se aceitaria o convite. Já Antonia, procurada, não comentou a respeito do caso.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guardião e protetor

Exu é o diabo? Conheça essa entidade na umbanda

Exu é uma entidade muito presente nas religiões de matriz africana e a Gazeta te conta tudo sobre o guardião da umbanda; leia

caso em investigação

Delegado não descarta crime em morte suspeita de cantor Nahim

O corpo do cantor foi encontrado sozinho por funcionário de uma empresa de telefonia que fazia instalação na local

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter