X

Surpresa em Salvador

Produção soube da visita de Beyoncé ao Brasil horas antes do evento

Na noite desta quinta-feira, Beyoncé subiu no palco montado na área externa do Centro de Convenções de Salvador, na Bahia, deixando os fãs presentes em êxtase

Folhapress

Publicado em 22/12/2023 às 20:22

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Beyoncé / Reprodução Instagram

A produção envolvida no Club Renaissance, festa de divulgação do filme de Beyoncé, soube da vinda da estrela do pop ao Brasil horas antes do evento em Salvador, na noite desta quinta-feira, 21.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

"Tivemos quatro dias de preparação", diz Potyra Lavor, sócia da empresa IDW, produtora indicada pela Globo, após o contato da equipe de Beyoncé, para organizar o evento.

Havia a desconfiança de que a estrela poderia vir, mas nada confirmado. Mesmo que por baixo dos panos, Beyoncé escolheu a música "Faraó", de Margareth Menezes, para abrir o evento. "Ela queria algo local com que as pessoas se conectassem emocionalmente", diz Gabriel Jacome, diretor de conteúdo da Globo.

Na noite desta quinta-feira, Beyoncé subiu no palco montado na área externa do Centro de Convenções de Salvador, na Bahia, deixando os fãs presentes em êxtase.

O "Club Renaissance" já aconteceu em diversas cidades pelo mundo, para divulgar o filme "Renaissance", da turnê de álbum homônimo.

"Brasil, eu te amo tanto", disse Beyoncé, ovacionada pelos fãs que já desconfiavam de uma possível aparição da cantora, que subiu ao palco com a bandeira da Bahia em mãos. "Não há ninguém como vocês. Vocês são únicos. A número um e a única: Bahia". Depois, a cantora pediu para que todos aproveitassem a noite e desapareceu, contabilizando cerca de quatro minutos no palco.

O interesse pelo Brasil foi fruto da empolgação com que artistas internacionais foram recebidos ao longo deste ano nos festivais de música, segundo Jacome. "Eles [equipe de Beyoncé] sabem o valor do engajamento dos fãs brasileiros e queriam achar um parceiro local que pudesse trazer a Beyoncé."

Beyoncé subiu ao palco diante de 3.000 fãs. "A exigência era manter a proposta do 'Club Renaissance', que era fazer um momento especial para fãs", diz Lavor. Os fãs foram avisados pela organização que teriam uma surpresa no final da sessão.

A equipe da cantora deixou livre o trabalho de curadoria do evento, pensado pela IDW visando a aproximação com a cultura de house music e ballroom do Brasil.

Em uma conversa com Beyoncé, Jacome disse que a cantora afirmou saber a importância de Salvador, considerada a cidade mais negra fora da África.

Quando Lavor encontrou pessoalmente Beyoncé, agradeceu a cantora por escolher a Bahia. "São ações como essa que mudam as direções do mercado de entretenimento", diz.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

MOBILIDADE URBANA

Linha 6-Laranja: túneis se encontram na zona norte de SP

Cerimônia celebrou o encontro dos túneis da futura estação Brasilândia e do Pátio Morro Grande

Leilão de veículos

Detran-SP realiza leilão online com lances a partir de R$ 2 mil

Carros conservados e sucatas disponíveis; visite e faça seu pré-lance em julho

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter