Publicidade

X
TRÁFICO?

Rapper Filipe Ret é investigado pela polícia após fotos de baseados em festa

Nas imagens, o cantor aparece distribuindo, em um balde, cigarros parecidos com os de maconha

Publicidade

Filipe Ret / Reprodução/Instagram

O cantor Filipe Ret, de 37 anos, é investigado pela Polícia Civil do Rio Janeiro após divulgar fotos de seu aniversário. Nas imagens, o rapper aparece distribuindo, em um balde, cigarros parecidos com os de maconha.

Segundo a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), caso seja confirmado que os cigarros eram de maconha, as autoridades poderiam prender em flagrante Filipe Ret por tráfico de drogas.

Leia Também

• Filipe Ret é preso no Rio de Janeiro

"Dar, oferecer, vender e trocar [maconha]. É tráfico, até que se revogue a lei, pelo Congresso Nacional. É crime, e, sendo crime e estando em flagrante, nós autoridades, independentemente do tipo federal, estadual ou municipal, devemos prender em flagrante. Mas tem que esperar o laudo para falar se realmente era maconha", explicou o coronel Gilmar Luciano durante entrevista ao podcast 'Pod ou não pode?', apresentado pelo jornalista Ricardo Carlini.

De acordo com a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), um inquérito foi instaurado para apurar os fatos. O evento foi realizado em 22 de junho, no Viva Rio, no bairro do Flamengo.

A festa contou com a presença de celebridades, entre elas o ex-jogador e atual dono do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno, o surfista Pedro Scobby e a digital influencer Jade Picon.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Democracia

Fachin defende urnas e se opõe às fake news em mensagem para mobilização de 11 de agosto

Declarações do presidente do TSE foram feitas em meio a insinuações golpistas e ataques do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral

INCLUSÃO

Taboão da Serra realiza eleição para Conselho da Pessoa com Deficiência

No total serão eleitos 20 membros, sendo dez titulares e dez suplentes

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software