X

DIA DE SHOW

Veja como chegar e o que não levar para shows do RBD no Allianz Parque

Grupo mexicano RBD continua a maratona de shows no Brasil entre esta quinta (16), e o domingo (19)

Laura Lewer - Folha Press

Publicado em 15/11/2023 às 13:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Banda retoma sua trajetória interrompida em 2009 com sua 'Soy Rebelde Tour' / Iris Alves/LiveNation/RBD

Depois de dois shows apoteóticos no Morumbi, neste domingo (14) e segunda (13), o grupo mexicano RBD continua a maratona de shows no Brasil entre esta quinta (16), e o domingo (19).

A banda retoma sua trajetória interrompida em 2009 com sua "Soy Rebelde Tour", sequência de apresentações que já passou por países como Estados Unidos, Chile e Colômbia. Por aqui, todos os ingressos estão esgotados.

É comum que o público tenha algumas dúvidas sobre como se preparar para as apresentações, como meios de transporte até o local, portões para cada área, o que pode ou não ser levado e como se proteger da chuva ou do calor -principalmente com os termômetros batendo altas temperaturas nos últimos dias.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

COMO CHEGAR

Os que vão de transporte público para o estádio, que fica no número 1.705 da av. Francisco Matarazzo, podem descer na estação Palmeiras/Barra Funda, onde há a linha vermelha de metrô, as linhas rubi e diamante da CPTM e um terminal de ônibus -tudo a cerca de 10 minutos de caminhada da arena.

Além disso, o site do estádio mostra as cerca de 50 linhas de ônibus que param em suas imediações. Para acessá-las, basta acessar o site https://www.arenapalmeiras.com/como-chegar-ao-allianz-parque-arena-palmeiras/#google_vignette. O transporte de carros de aplicativo também ocorre normalmente.

ONDE ESTACIONAR

Quem for às apresentações com veículo próprio tem algumas opções de estacionamento. Dá para parar no próprio Allianz (a entrada fica na r. Padre Antonio Tomas, 72), que tem capacidade para 1.500 carros e preços a partir de R$ 120, e na Casa das Caldeiras (acesso pela r. José Benedito Boneli s/n°), pelo mesmo preço.

Há ainda as opções de shopping centers da região, como o Bourbon (r. Palestra Itália, 500, Perdizes), e o West Plaza (av. Francisco Matarazzo, s/nº, Água Branca).

POR ONDE ENTRAR

Os portões para as apresentações são abertos às 16h, e os dois shows estão previstos para começar às 20h. A divisão das entradas fica assim:

Portão A: pista, cadeira inferior e cadeira superior
Portão B: cadeira superior e premium
Portão C: cadeira inferior
Portão D: cadeira inferior
Portão C1: camarotes

O QUE NÃO LEVAR

Não é permitida a entrada com itens como câmeras ou filmadoras profissionais com lente destacável ou go-pros; cartazes, bandeiras e faixas; guarda-chuvas; bebidas alcoólicas; papel em rolo, jornais ou revistas; copos de vidro ou qualquer embalagem e correntes e pingentes entre outros.

A lista completa de itens proibidos pode ser acessada um dia antes do show no perfil do Instagram da Live Nation, que produz os shows.

COMO COMER LÁ DENTRO

Há três restaurantes em funcionamento dentro do estádio -o Braza Gastronomia, o La Coppa e o Nagairô Sushi. Segundo a equipe do Allianz, os estabelecimentos costumam oferecer o serviço de rodízio ou open food antes e depois dos shows, com pausa durante a apresentação. É importante, no entanto, checar o funcionamento nas redes das casas.

Os espaços ainda vendem, em alguns shows, pacotes específicos que podem incluir ingresso, open bar e open food ao longo dos eventos. O estádio recomenda que a compra deve ser feita apenas pelos canais oficiais de cada restaurante.

Braza Gastronomia e La Coppa Ristorante. Site: ingressos.braza-lacoppa.com.br. Instagram: @braza.gastronomia e @lacoppa.ristorante

Nagairô Sushi. Site: nagairo.com.br. Instagram: @nagairo.sushi

ACESSIBILIDADE

A equipe do estádio informa que conta com piso tátil, rampas, corrimões e elevadores, além de funcionários treinados para qualquer eventualidade. Além disso, todos os portões são adaptados para a entrada e têm colaboradores à disposição, que poderão acompanhar as pessoas com deficiência às áreas destinadas em cada show.

E SE CHOVER OU FAZER MUITO CALOR?

Como guardas-chuvas são barrados na entrada, a alternativa é levar capas de chuva ou comprá-las na frente do estádio -onde o preço é mais salgado.

Botas ou galochas também são sugestões para escapar dos alagamentos nas vias ao redor e dentro do estádio, além de zip locks e outras bolsas impermeáveis para proteger documentos, dinheiro, ingressos e celulares.

No caso do calor forte, o público pode se proteger com chapéus, bonés, óculos escuros e protetor solar

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mobilidade

Veja as principais e as futuras linhas do Metrô da Cidade de São Paulo

A Gazeta separou tudo o que você precisa saber sobre linhas do metrô atuais e as futuras que serão construídas; confira

sorte grande

Aposta de Itupeva, interior de SP, leva R$ 14 milhões pela Quina

O próximo sorteio será hoje e tem prêmio estimado em R$ 700 mil; veja o bairro da aposta que ganhou o último concurso

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter