X

ATUALIZAÇÃO

WhatsApp lança recurso para reagir a mensagens com emojis

O recurso, que está sendo disponibilizado aos poucos para usuários de Android e iOS, dispõe das reções joinha, coração, chorando de rir, surpreso, chorando e oração

Folhapress

Publicado em 06/05/2022 às 16:31

Atualizado em 06/05/2022 às 16:34

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

WhatsApp / Filip Radwanski/SOPA Images/Getty Images

O WhatsApp anunciou nesta quinta-feira (5) que a versão mais recente do aplicativo permite que o usuário reaja a mensagens com emojis.

O recurso, que está sendo disponibilizado aos poucos para usuários de Android e iOS, dispõe de seis opções por enquanto: joinha, coração, chorando de rir, surpreso, chorando e mãos em oração.

"Estamos felizes em anunciar que agora é possível usar as reações com emojis baixando a última versão do app.

As reações são divertidas, rápidas e ajudam a reduzir o excesso de mensagens nos grupos. Vamos seguir melhorando esse recurso, adicionando cada vez mais expressões daqui para frente", disse a empresa em nota.

A funcionalidade já existia no Messenger, do Facebook, e no Telegram, principal concorrente do serviço de mensagens. Tanto o WhatsApp quanto o Facebook são controlados pela Meta.

O aplicativo também anunciou que agora será possível enviar arquivos de até 2 Gb por vez pela plataforma -antes, o limite era de 100 Mb.

Outra funcionalidade anunciada é a opção de criar grupos de até 512 pessoas, o que ainda não está disponível no Brasil. Segundo a Folha apurou, o WhatsApp quer lançar grupos que comportam até milhares de pessoas, mas, no país, só após as eleições.

"Com base exclusivamente em nossa estratégia de longo prazo para o Brasil, esta funcionalidade só será implementada após ser testada em outros mercados", informou a empresa.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Pai é preso acusado de abusar de filha internada em UTI no ABC paulista

Câmeras escondidas flagraram o crime; vítima permanece em hospital

Feminicídio

Corpo de atendente executada dentro de loja é sepultado; suspeito segue foragido

Corpo de Aline Aparecida de Moura, de 34 anos, foi sepultado nesta quinta-feira (13), em Sorocaba; principal suspeito do crime, ex-namorado da vítima, está foragido

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter