últimas notícias
Honda HR-V Touring 2020 motor
Honda HR-V Touring 2020 motor
Foto: Luiz Humberto Monteiro Pereira/Agência AutoMotrix

Questão de etiqueta

O Honda HR-V foi apresentado mundialmente em 2014 e chegou ao Brasil em março de 2015. Tornou-se um sucesso de vendas e conquistou liderança entre os utilitários esportivos, que só foi perdida no final de 2016 para o Jeep Compass. Para tentar voltar à liderança, a linha 2020 do HR-V traz como principal novidade a volta da versão Touring.

O novo topo de linha do HR-V incorpora equipamentos inéditos para o modelo, como o teto solar panorâmico, a partida por botão, o Smart Entry e o dispositivo de segurança Honda LaneWatch. Sob o capô está o vigoroso motor 1.5 turbo de 173 cavalos a gasolina, o mesmo adotado na configuração Touring do sedã Civic. O aumento de quase 25% na potência em relação ao 1.8 16V FlexOne de 140 cavalos que equipa as demais versões do HR-V foi acompanhado de perto pela etiqueta de preço. Oferecido por R$ 139.900, um valor 25% acima dos R$ 111.900 da antiga "top" EXL, o HR-V Touring supera a faixa de preços dos SUVs compactos e passa a disputar com os médios, como o Compass e o Peugeot 3008 Allure.

No restante da linha 2020 do HR-V, as novidades foram pontuais. A frente continua a ostentar a larga barra cromada, que forma uma espécie de "sorriso metálico" no conjunto com os faróis alongados. A versão EXL passa a oferecer os sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bem como uma nova grade frontal com acabamento em black piano. Na EX, aparece a central multimídia de 7 polegadas touchscreen, além dos sensores de estacionamento traseiros. E o modelo LX recebe câmera de ré integrada à central multimídia de 5". Na versão Touring, o design do SUV da Honda, renovado na linha 2019 apresentada em novembro do ano passado, incorporou alguns refinamentos. A dianteira adota faróis principais e de neblina full-led, bem como uma nova grade frontal, com acabamento em black piano. O teto solar panorâmico da Touring é o primeiro do tipo oferecido em um modelo da marca no Brasil. E a nova antena em formato barbatana também é exclusiva da versão. Na traseira, o logotipo "Turbo" e o sistema de escapamento em inox com duas saídas completam os diferenciais de estilo.

O interior do HR-V Touring passa a ter - de acordo com a cor externa - a opção de acabamento na cor cinza claro ou preto para bancos (revestidos em couro), laterais de porta, console central e painel. A tecnologia Smart Entry permite a abertura do modelo sem o uso da chave, por aproximação, e o acionamento do motor é por botão de partida.

Equipado com sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, o modelo oferece câmera de ré e o sistema Honda LaneWatch, que amplia o ângulo de visão do motorista ao projetar uma imagem ampliada no sistema multimídia, quando se aciona a seta ou se pressiona um botão na
alavanca.

O motor 1.5 de quatro cilindros que equipa a configuração Touring utiliza turbo de baixa inércia, injeção direta, variação de tempo de abertura das válvulas de admissão e escape (Dual VTC), gerando 173 cavalos a 5.500 rpm, com o torque de 22,4 kgfm de 1.700 rpm a 5.500 rpm. É acoplado à transmissão continuamente variável (CVT) com 7 marchas simuladas, com função Kick Down, que reduz rapidamente a relação de marcha para permitir uma retomada mais eficiente quando o pedal do acelerador é pressionado até o fim do curso. (Luiz Humberto Monteiro Pereira/Agência AutoMotrix)

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta