últimas notícias
Honda lança NXR 160 Bros ESDD  2020
Honda lança NXR 160 Bros ESDD 2020
Foto: Divulgação

Mudança de pele

A linha 2020 da Honda NXR 160 Bros ESDD chega ao mercado em três opções de cores - vermelho, preto e azul - e com novos grafismos, e com preço de R$ 12.860. A Bros é uma motocicleta consagrada no Brasil, e entre os motivos do sucesso estão o baixo consumo de combustível e custo de manutenção.

Na linha 2020 da Bros ESDD, o design preserva as linhas ágeis e angulosas que ressaltam a dinamicidade do modelo, projetada para encarar condições de uso mistas. O painel de instrumentos "blackout" digital, o bagageiro com grandes alças laterais e o farol de policarbonato com refletor multifocal, envolto por carenagem, completam o estilo da moto. Já o conforto é reforçado pelo ajuste de suas suspensões - dianteira telescópica e traseira monoamortecida -, pelo assento de dois níveis e pelo largo guidão.

A capacidade de rodar em estradas ruins sempre foi uma característica da NXR 160 Bros. Os pneus de uso misto Pirelli MT 60 são calçados em robustas rodas - dianteira aro 19 polegadas e 17 polegadas na traseira -, suspensões de longo curso e chassi tubular de aço tipo berço semiduplo fazem do modelo escolha particularmente adequada, principalmente fora dos grandes centros urbanos.

A Bros é equipada com disco nas rodas dianteira e traseira e o CBS - Combined Brake System -, sistema que distribui a ação frenante entre ambas as rodas (30% para a dianteira, 70% para a traseira) quando o condutor pisa no pedal de freio. O CBS é responsável por uma significativa redução nos espaços de frenagem em comparação ao sistema de freios convencional. Outra característica desse tipo de freios é a facilidade de manutenção decorrente de sua simplicidade técnica quando comparado a freios com componentes eletrônicos (tipo ABS).

Outro ponto forte da NXR 160 Bros é o motor monocilíndrico arrefecido a ar de quatro tempos, com comando único de válvulas no cabeçote, que trabalha com balancins roletados. Equipado com partida elétrica e alimentado pelo sistema de injeção de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection) FlexOne, permite o uso de etanol e gasolina em proporções variadas. O câmbio tem 5 velocidades, com relações de marcha que exploram adequadamente as características do motor. (Edmundo Dantas/Agência AutoMotrix)

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta