últimas notícias

Automotor

Honda CG 160
Honda CG 160
Foto: Divulgação

Traduzindo os números

Honda está em 1° nas vendas, mas outras marcas se destacam no valor agregado

Segundo a Fenabrave, a federação nacional dos distribuidores de veículos automotores, o setor de duas rodas fechou o ano com 1.077.553 unidades emplacadas em 2019. Mantendo sua longuíssima hegemonia no mercado brasileiro, a Honda deteve 79,18% das vendas nacionais. Foi seguida à distância por Yamaha (14,03% das vendas), Haojue (1,13%), BMW (0,94%) e Shineray (0,89%).

Macaque in the trees
A Honda NXR 160 liderou no segmento trail/fun, conhecidas como "on-off road", que andam dentro e fora da estrada

O segmento de maior volume no mercado nacional é o das city, desenhadas para as cidades. Na sequência vem o das scooter/cubs - de baixa cilindrada nas quais o piloto fica sentado, com escudo frontal para proteção contra o vento. E o terceiro segmento com maior procura é o das trail/fun - também denominadas como "on-off road", para utilização tanto dentro quanto fora da estrada.

Macaque in the trees
A japonesa Yamaha MT03 foi a mais vendida no Brasil entre as naked, de média cilindrada e que não tem carenagem

Entre as city, a liderança é da CG 160, com 307.973 unidades vendidas em 2019, seguida de longe pela "colega de fábrica" CB 250F Twister, com 36.361 emplacamentos. A mesma situação se repete entre as scooters/cubs, no qual a Biz e suas 155.920 emplacadas em 2019 é seguida pela Pop 110i e suas 102.807 unidades. Entre as trail/fun, NXR 160 da Honda, com seus 122.353 emplacamentos em 2019, é seguida pela XRE 300 com 24.718 unidades. A Yamaha está em terceiro lugar entre as city, com 25.328 unidades da Fazer, e também entre as trail/fun, com as 24.570 vendas da XTZ150. Já nas scooter/cub, os quatro modelos mais vendidos são da Honda - Biz, Pop 110i, PCX 150 e Elite 125 -, e a Yamaha aparece em quinto, com a NMax.

Nos segmentos de motocicletas com maior valor agregado, as naked, modelos que não têm carenagem, a liderança é da Yamaha MT03, com 7.214 unidades, seguida pela Honda CB 500, com 4.111. Entre as maxtrail, que prometem versatilidade para qualquer terreno, a Triumph Tiger 800, com 2.837 unidades está em primeiro, acompanhada pela BMW F850 GS, com 2.134 emplacamentos. Na briga das esportivas, a briga ficou entre aYamaha YZF R3, com 1.477 vendas, e a Kawasaki Ninja 400, com 1.060 emplacamentos. Já entre as custom, a liderança foi compartilhada entre a Harley-Davidson Fat Bob e Kawasaki Vulcan, ambas com exatas 820 unidades anuais. No segmento das touring, com grande capacidade de carga e ideais para longas viagens, a Harley-Davidson dominou, com a Road Glide e suas 440 unidades vendidas, seguida de perto pela Ultra Limited, com 423 emplacamentos.

Macaque in the trees
Já entre as touring, de grande capacidade de carga e boas para viagens longas, a Harley-Davidson Road Glide ficou em primeiro

Galeria de Fotos

A Honda NXR 160 liderou no segmento trail/fun, conhecidas como "on-off road", que andam dentro e fora da estrada - Divulgação
A japonesa Yamaha MT03 foi a mais vendida no Brasil entre as naked, de média cilindrada e que não tem carenagem - Divulgação
Já entre as touring, de grande capacidade de carga e boas para viagens longas, a Harley-Davidson Road Glide ficou em primeiro - Divulgação

Comentários

Tops da Gazeta