últimas notícias
Luis Rezende é presidente da Volvo Cars Brasil
Luis Rezende é presidente da Volvo Cars Brasil
Foto: Divulgação

Na direção do futuro

Para Luis Rezende, presidente da Volvo Cars do Brasil, foco na eletrificação e nos SUVs embala o crescimento da marca sueca no país

Há dez anos, o mercado brasileiro emplacava mais de 3,33 milhões de automóveis e comerciais leves anuais e estava em expansão. Em 2010, muitos especialistas acreditavam que, para uma marca se manter competitiva no Brasil, seria necessário abrir fábrica no país. Em 2019, o país emplacou 2,66 milhões de automóveis e comerciais leves e todas as fábricas brasileiras do segmento premium estão com enorme capacidade ociosa. A marca sueca, no entanto, é uma das que mais crescem no país: em 2019, importou 7.913 veículos e terminou o ano como a décima nona marca do ranking nacional. "A estratégia fabril da Volvo é global e não somente voltada para um mercado. Naquele momento em que as concorrentes abriram suas fábricas no país, a Volvo ainda estava expandindo suas produções para mercados maduros como China e Estados Unidos. Atualmente, a montadora tem fábricas na própria Suécia, na Bélgica e na China. De qualquer forma, estamos sempre analisando outros mercados, e o Brasil é um deles. Até o momento, não se mostrou oportuno produzir aqui", explica o paulistano Luis Rezende, presidente da Volvo Cars no Brasil.

Macaque in the trees
"Incorporamos evoluções de nossas tecnologias de segurança presentes nos produtos"

P - Quais são os principais produtos da Volvo para o Brasil?

Luis Rezende - Estamos reforçando o nosso foco em eletrificação e lançamos em janeiro a versão Momentum T8 para os modelos XC60 e XC90 - ambas híbridas. Esses produtos e outras novidades que virão ainda esse ano darão mais consistência à nossa estratégia no mercado brasileiro.

P - A eletrificação e os sistemas autônomos de assistência ao motorista são temas em alta. Nesses aspectos, o que a Volvo prevê ter de novidades?

Luis Rezende - Em termos de sistemas autônomos, desde 2016 oferecemos no XC90 o assistente de condução Pilot Assist. Ele vem evoluindo a cada ano e conta com sensores e câmeras que monitoram as faixas das vias e um sistema que comanda a aceleração, a frenagem e a movimentação do volante em velocidades de até 130 km/h.

P - A segurança automotiva é um tema historicamente valorizado pela Volvo.

Luis Rezende - Recentemente incorporamos evoluções de nossas tecnologias de segurança presentes em toda a gama de produtos, como o sistema de alerta do ponto cego (BLIS) e o alerta de mudança de faixa (LKA), ambos agora com suporte de direção.

P - Como está a atual rede de concessionários Volvo Car no Brasil?

Luis Rezende - Temos 37 concessionárias em todas as regiões do Brasil e há planos de expandirmos mais 10% de nossa atual rede em 2020.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta