últimas notícias

Brilho sob o capô

Ninguém que entra no HR-V Touring tem dúvidas: o poderoso motor 1.5 turbo a gasolina, importado do Japão, é a grande atração do modelo. Logo que o utilitário esportivo da Honda começa a acelerar, fica clara a razão: a exuberância e a elasticidade do "powertrain" se tornam absolutamente evidentes. Quando é acionado o modo Sport, a rotação fica mil rpm acima nas trocas de marchas e deixa o motor mais "cheio" e capaz de oferecer respostas mais imediatas. Para quem prefere acionar as marchas manualmente, há "paddle shifts" atrás do volante. O ruído dentro da cabine do HR-V Touring é menor em comparação às versões com motor aspirado. O turbo emite um som encorpado, evidenciado pelo duplo escapamento. Curiosamente, esse escape duplicado tornou necessário elevar o piso do porta-malas, fazendo com que a capacidade volumétrica da versão Touring fosse reduzida para 393 litros.

O HR-V Touring se destaca pela suspensão firme. Molas e amortecedores têm mais carga e a barra estabilizadora tem corpo com maior diâmetro, possibilitando menor rolagem da carroceria nas alterações bruscas de direção. Ao andar rápido em trechos sinuosos, o Agile Handling Assist (AHA) mostra sua eficiência ao aplicar força de frenagem na roda dianteira interna da curva sempre que percebe uma tendência de saída de frente. O sistema Lane Watch é simples e inteligente - mostra na tela do multimídia a imagem da câmera colocada no retrovisor direito quando o motorista dá o sinal correspondente ou aperta um botão na ponta da alavanca de seta.

Comentários

Tops da Gazeta