últimas notícias

Automotor

MXF 250ts versão 2020
MXF 250ts versão 2020
Foto: Divulgação

Sem clemência nas trilhas

Segundo a MXF Motors, a versão 2020 da 250ts é destinada a pilotos que gostam de acelerar sem dó

A MXF Motors do Brasil foi fundada em 2007 em Curitiba e iniciou suas atividades produzindo minimotos off-road voltadas para o público infanto-juvenil. Atualmente, conta com uma linha de motos, quadriciclos, peças e acessórios off-road para todas as faixas etárias, fabricados no Japão e na China e com montagem final na unidade da empresa na capital paranaense. A mais recente novidade da marca é a versão 2020 da 250ts, que acaba de chegar às concessionárias e é destinada aos fãs de trilhas e competições de Enduro. Com grafismos modernos e novo farol em led, torna-se a primeira moto da MXF a contar com esse acessório como item de série. O modelo é comercializado por preços a partir de R$ 26.490 nas revendas autorizadas MXF espalhadas pelo país.

Macaque in the trees
A curitibana MXF 250ts é voltada para quem é fã de fazer trilhas e também quem participa de competições de enduro

Fabricada com aço cromo-molibdênio de alta resistência, a 250ts vem com partida elétrica e pedal, válvula de escape eletrônica, painel digital multifunção, ventilador de radiador com termostato, reservatório de expansão do líquido de arrefecimento, protetor de motor e link integrado (opcional), suspensões Fast Ace duplo cartucho com regulagem de compressão e retorno, câmbio com 6 marchas, freios hidráulicos, pistão duplo, discos ventilados e protetores de mão.

Entre os destaques, além da estética, está o indefectível som do motor dois tempos, que muitos motociclistas mais tradicionais consideram música. O motor monocilíndrico de 224 cm3 é refrigerado a água e tem válvula de controle eletrônico, com lubrificação com óleo dois tempos tipo sintético. O sistema de transmissão é secundário por corrente, coroa (52D) e pinhão (12D). A ignição é CDI com válvula de escape eletrônica controlada. A partida é elétrica e no pedal e a embreagem é multidiscos, banhados em óleo.

Macaque in the trees
A 250ts é feita com aço cromo-molibdênio de alta resistência, tem partida elétrica, pedal, válvula de escape eletrônica

Assim como sua "irmã mais velha", a MXF 250rx, a 250ts também terá a mesma estratégia de ser posta à prova no Brasileiro de Enduro FIM, campeonato no qual a MXF Motors marca presença desde 2018. Na competição, a 250ts 2020 será pilotada pelo campeão brasileiro na E4- Pro de 2019, o catarinense Anderson da Luz, mais conhecido como Caxopa, dessa vez na categoria E2. "Embora já tenha muita gente andando na moto, nada melhor que a colocar para andar no Campeonato Brasileiro de Enduro FIM para o público conhecer do que ela é capaz", acredita Luiz Henrique Fontes, diretor-técnico da MXF Motors.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta