últimas notícias
A nova moto da Shineray será comercializada em três opções de acabamento: preta fosca com banco preto, preta fosca com banco marrom e prata fosca com banco preto
A nova moto da Shineray será comercializada em três opções de acabamento: preta fosca com banco preto, preta fosca com banco marrom e prata fosca com banco preto
Foto: Divulgação

De olho nos trabalhadores, Shineray lança SH 125 Worker

Com a SH 125 Worker, a Shineray aposta em uma moto retrô para o trabalho pesado do delivery

A Shineray é uma fabricante chinesa de motocicletas, motonetas, bicicletas, quadriciclos e veículos utilitários, com exportação de produtos para mais de oitenta países. Desde 2005, quando chegou ao Brasil, a marca busca se posicionar no mercado oferecendo produtos a preços acessíveis. Em 2015, a Shineray do Brasil inaugurou a primeira montadora fora do país de origem e a única planta industrial no mercado nacional a fabricar motos fora da Zona Franca de Manaus. Instalada no Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, tem aproximadamente 210 mil metros quadrados, com uma área construída de 60 mil metros quadrados. A linha da marca no mercado brasileiro inclui os ciclomotores Jet 50, Jet 50 2X, Phoenix 50, New Super Smart e 50, as motocicletas Jef 150, Jef 125 e Jef 125X, as scooters PT2, PT3, PT4 e PT7 e as scooters elétricas SE1 e SE2. Agora, a SH 125 Worker é a aposta da Shineray para aumentar suas vendas para os motociclistas profissionais que fazem serviços de entrega, o popular delivery.

Macaque in the trees
Com preço sugerido de R$ 7.290 e design inspirado nas cafe racers, a SH 125 Worker foca no custo-benefício - Divulgação

A nova motocicleta da marca chinesa está equipada com motor de um cilindro, 125 cm³, quatro tempos, duas válvulas e eixo de comando acima das válvulas de admissão e o de escapamento, no cabeçote. Desenvolve 7,2 cavalos de potência a 7.500 rpm e tem transmissão final por corrente (com câmbio de 4 velocidades, similar ao usado na Honda Biz 125). Já na parte ciclística, a SH 125 Worker esbanja simplicidade: suspensão dianteira com garfo tradicional, traseira bichoque e freios a tambor em ambas as rodas. O tanque de combustível tem capacidade para 14 litros de gasolina, e a moto já vem com suporte para baú (tipo churrasqueira).

Macaque in the trees
A moto está equipada com motor de um cilindro, 125 cm³, quatro tempos, duas válvulas e eixo de comando acima das válvulas de admissão e o de escapamento, no cabeçote - Divulgação

Leia Mais

Peugeot e-208 GT chega por R$ 250 mil

Com preço sugerido de R$ 7.290 e design inspirado nas cafe racers, a SH 125 Worker foca no custo-benefício e tem a proposta de oferecer o máximo de conforto para quem costuma passar horas sobre a moto. Tudo isso, sem abrir mão do estilo. Com chegada prevista para outubro, a nova moto da Shineray será comercializada em três opções de acabamento: preta fosca com banco preto, preta fosca com banco marrom e prata fosca com banco preto. “Desenvolvemos um produto que é uma das melhores opções de 125 cilindradas do mercado, com preço atrativo, confortável e estiloso. O design mistura elementos retrô e detalhes esportivos, estilo similar aos da ‘café racers’, motocicletas usadas pelos jovens motociclistas da década de 60 para apostar corridas entre as cafeterias inglesas”, explica Thomas Edson, diretor da Shineray do Brasil.

Macaque in the trees
O tanque de combustível tem capacidade para 14 litros de gasolina, e a moto já vem com suporte para baú (tipo churrasqueira) - Divulgação

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta