últimas notícias
Lançado em 1948, o triciclo Apé surgiu com foco no transporte de verduras e alimentos em pequenos vilarejos italianos
Lançado em 1948, o triciclo Apé surgiu com foco no transporte de verduras e alimentos em pequenos vilarejos italianos
Foto: Renato Durães

Grupo 2W Motors passa a importar triciclos para o Brasil

O Grupo 2W Motors entra no segmento de três rodas com a importação dos triciclos italianos Piaggio – com direito a versões elétricas, modificadas no Brasil

O grupo paulistano 2W Motors representa no Brasil a marca de motocicletas sueca Husqvarna e duas fabricantes de bicicletas elétricas – a italiana Fantic e austríaca KTM Bikes –, além comandar as duas lojas das motocicletas indianas Royal Enfield na capital paulista. Agora, passa a atuar também no segmento de três rodas como representante nacional exclusiva dos triciclos da italiana Piaggio Commercial Vehicles, que são movidos a gasolina. Em tempos nos quais o marketing ecológico anda em alta, a 2W Motors resolveu investir na produção de versões elétricas dos modelos italianos, modificados no Brasil. Assim, são quatro modelos da Piaggio comercializados pela 2W Motors, por enquanto, sob encomenda: Apé Cargo, Apé Passenger, Apé e-Cargo e Apé e-Passenger.

Macaque in the trees
O Apé Passenger possui capacidade de carga de 300 quilos e o modelo pode levar o piloto e até três passageiros - Renato Durães

Lançado em 1948, o triciclo Apé surgiu com foco no transporte de verduras e alimentos em pequenos vilarejos italianos. Com o tempo, expandiu as fronteiras e conquistou status. Hoje, grandes empresas já perceberam que o veículo versátil que transporta cargas e pessoas também pode cumprir uma relevante função de marketing, como vitrine para produtos em locais de grande movimento. Produzido nas fábricas da Piaggio em Pontedera, na Itália, e em Baram, na Índia (de onde vêm os modelos vendidos no Brasil), o Apé é um veículo de fácil dirigibilidade que, ao invés de volante, tem um guidão – por isso, exige carteira de habilitação B, para motos. “Nosso foco principal neste momento é o B2B, porque envolvem volumes mais significativos do produto, mas isso não descarta o público do B2C. Estamos empolgados com as negociações neste novo nicho de mercado que a 2W Motors passa a atuar a partir de agora”, explica Raul Fernandes Jr., sócio-diretor do grupo 2W Motors. O Apé Cargo chega com motor a gasolina de 305 cm³ que entrega 14,2 cavalos a 4.100 rpm, com capacidade de carga para 557 quilos. O Apé Passenger também tem um motor a gasolina, mas com 230 cm³ que disponibiliza 12,1 cavalos a 4.500 rpm. Sua capacidade de carga é de 300 quilos e o modelo pode levar o piloto e até três passageiros. Em ambas as versões, o tanque de combustível com 9,5 litros permite uma autonomia de 285 quilômetros.

Macaque in the trees
O Apé Cargo chega com motor a gasolina de 305 cm³ que entrega 14,2 cavalos a 4.100 rpm, com capacidade de carga para 557 quilos - Renato Durães

Leia Mais

Nova Ducati DesertX pode virar tendência no segmento

As vendas de veículos elétricos (automóveis e comerciais leves) no Brasil tiveram uma alta de 77% em 2021 em relação ao ano anterior. Embalada pelas normas de governança ambiental adotadas por muitas empresas, a demanda por veículos elétricos motivou a 2W Motors a desenvolver um projeto para produzir localmente triciclos com zero emissão de carbono. As versões com motorização elétrica estão sendo fabricadas em parceria com a WEG, uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo, com base em Santa Catarina. Os Apé elétricos têm autonomia de 90 quilômetros, bateria de íons de lítio, levam quatro horas e meia para recarga completa em tomada comum (varia de acordo com a voltagem) e são regenerados durante a frenagem. O e-Cargo tem motor de 24 Kw (32 cavalos) e capacidade de carga 520 quilos. Já o e-Passenger tem motor de 15 Kw (20 cavalos) e capacidade de carga de 300 quilos, com lugares para o piloto e até três passageiros. Segundo a 2W Motors, os triciclos Piaggio Apé podem ser customizados de fábrica de acordo com a utilização do comprador. As versões movidas a gasolina custam entre R$ 35 mil e R$ 40 mil e os elétricos partem de R$ 65 mil – também existe a opção de locação para eventos. Mais informações no site www.piaggiobrasil.com.br.

Macaque in the trees
Os Apé elétricos têm autonomia de 90 quilômetros, bateria de íons de lítio e levam cerca de quatro horas e meia para recarga completa em tomada comum - Renato Durães

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta