últimas notícias
A Justiça Federal autorizou o bloqueio de contas bancárias e a apreensão de 47 aeronaves
A Justiça Federal autorizou o bloqueio de contas bancárias e a apreensão de 47 aeronaves
Foto: Divulgação PF

PF faz operação contra o tráfico de drogas em voos

Operação desarticulou quadrilha especializada em transportar drogas do exterior para o Brasil e também para EUA e Europa

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira uma operação de grandes proporções para desarticular financeiramente uma quadrilha especializada em transportar drogas do exterior para o Brasil e também para Estados Unidos e Europa.

Cerca de 400 policiais cumpriram 54 mandados de prisão e 81 de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal em Palmas (TO). As ações aconteciam em Tocantins, Goiás, Paraná, Pará, Roraima, São Paulo, Ceará e Distrito Federal, com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) e do Grupamento de Rádio Patrulha Aérea da Polícia Militar de Goiás.

A Justiça Federal autorizou o bloqueio de contas bancárias de 100 pessoas e empresas envolvidas, além da apreensão de 47 aeronaves e do sequestro de 13 fazendas com mais de 10 mil cabeças de gado bovino.

Foi requisitada também a inclusão dos nomes de seis investigados no Sistema de Difusão Vermelha, a lista internacional de procurados da Interpol. As identidades delas não foram divulgadas.

Segundo a investigação, iniciada há dois anos, entre meados de 2017 e 2018 o grupo suspeito fez no mínimo 23 voos transportando em média 400 quilos de cocaína cada, totalizando mais de nove toneladas.

"Os investigados devem responder, na medida de suas participações, por tráfico transnacional de drogas, associação para o tráfico, financiamento ao tráfico, organização criminosa, lavagem de dinheiro e atentado contra a segurança do transporte aéreo", informou a PF.

A operação foi batizada de Flak, alusão a uma expressão das tropas aliadas, durante a Segunda Guerra Mundial, para se referirem à artilharia antiaérea alemã. (FP)

Tops da Gazeta