últimas notícias
O Congresso só deve voltar as atividades após a Quarta-Feira de Cinzas, dia 6 deste mês
O Congresso só deve voltar as atividades após a Quarta-Feira de Cinzas, dia 6 deste mês
Foto: Jose Cruz/Agência Brasil

Congresso paga viagem de parlamentares

FOLGA. Parlamentares emendam Carnaval com viagens ao exterior pagas pelo Congresso; principal destino foi Barcelona

Embora o feriado prolongado de Carnaval só tenha começado neste sábado, ao menos dez deputados e senadores emendaram ou pretendem emendar os dias de folga com viagens ao exterior pagas com dinheiro público. O "sacrifício" é para cumprir agendas de trabalho custeadas pela Câmara dos Deputados ou pelo Senado Federal. O principal destino foi Barcelona, na Espanha, um dos locais mais turísticos da Europa.

Nove parlamentares desembarcaram lá no fim de semana passado para participar do Mobile World Congress, um dos maiores eventos de telecomunicação do planeta realizado entre os dias 24 e 28 de fevereiro.

O senador Vanderlan Cardoso (PP-GO) decidiu emendar a viagem com o Carnaval. Vai aproveitar para visitar outros destinos, como Sevilha, na Espanha, e Évora, em Portugal. Embora tenha pedido inicialmente que o Senado custeasse sua participação no evento, mudou de ideia e disse que vai pagar do próprio bolso. Ele viajou acompanhado da mulher.

Também estiveram no evento em Barcelona o senador Esperidião Amin (PP-SC) e a mulher dele, a deputada federal Ângela Amin (PP-SC). Eles voltaram nesta sexta, 1º, para o Brasil e, segundo a assessoria, vão passar o carnaval em Florianópolis. Nas redes sociais dela, é possível assistir a um vídeo do senador se divertindo com óculos de realidade virtual no evento.

Senado e Câmara pagaram todos os gastos da viagem do casal. Os valores do ingresso para participar do evento variavam de 799 euros a 4.999 euros. Apenas com passagem de ida e volta, na classe executiva, o Senado desembolsou R$ 30.356,19 para Esperidião. Com cinco diárias, foram gastos R$ 8.028,80. Os valores gastos com a viagem de Ângela ainda não estão disponíveis no portal da transparência da Câmara.

A assessoria de imprensa do senador justificou a viagem com o fato de ele integrar a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e que sua participação no congresso "oportuniza o aprofundamento dos debates sobre a evolução e o futuro de importante setor na conjuntura nacional e internacional". O gabinete de Ângela Amin, por sua vez, afirmou que a deputada faz parte da Comissão de Tecnologia e Inovação da Câmara. Nenhum dos dois parlamentares apresentou projetos relacionados à área de tecnologia em toda vida parlamentar.

Também foram ao congresso em Barcelona o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), e os deputados Bilac Pinto (DEM-MG), Marcos Pereira (PRB-SP), Vitor Lippi (PSDB-SP), Jefferson Campos (PSB-SP) e André Figueiredo (PDT-CE). A passagem de Arolde de Oliveira, também na classe executiva, saiu por
R$ 17.836,94. Pelos cinco dias que passou no congresso de telecomunicações em Barcelona, o senador recebeu
R$ 7.987,20 em diárias do Senado. Ele já está de volta ao Brasil, onde passará o Carnaval.
(EC)

Tops da Gazeta